Futebol

São Caetano anuncia desistência da Série D do Brasileiro em razão do coronavírus

(Foto: Reprodução/ADSC)

O São Caetano encaminhou um ofício para a Federação Paulista de Futebol em que solicita sua desistência da Série D do Campeonato Brasileiro por causa da pandemia do novo coronavírus. O campeonato nacional teria início no mês de maio. Em nota oficial nesta quarta-feira, o clube do ABC lamentou a necessidade que levou à decisão e explicou que as incertezas que envolvem o futebol brasileiro e seu calendário foram responsáveis por sua desistência.

"Esta foi uma medida bastante pensada e extrema, que infelizmente precisou ser tomada em decorrência dos problemas e de todas as incertezas que envolvem o futebol brasileiro e o seu calendário de competições", informa o documento.

O São Caetano ainda afirmou que prefere "honrar compromissos" e "preservar a saúde financeira do clube" ao invés de dar prosseguimento a futuras dívidas oriundas da paralisação do futebol. "Queremos, desta forma, preservar a saúde financeira do clube em um momento de grande dificuldade para honrar compromissos já estabelecidos com jogadores, comissão técnica e todo o quadro de funcionários", concluiu.

A equipe do ABC paulista integra a quarta divisão do campeonato nacional. O São Caetano, no entanto, já esteve entre os grandes clubes do Brasil. Em 2000 e 2001, por exemplo, terminou o Campeonato Brasileiro na segunda colocação - perdeu a decisão para o Vasco e Athletico-PR, respectivamente. Ainda em 2001, chegou à final da Copa Libertadores. Na ocasião, o São Caetano foi derrotado pelo Olímpia, do Paraguai, que vivia o ano de seu centenário.