Coronavírus

São Caetano volta atrás e anuncia que pretende disputar a Série D do Brasileiro

O São Caetano, que não iria disputar a Série D do Campeonato Brasileiro por conta da pandemia do novo coronavírus, voltou atrás na decisão e deve representar o Estado de São Paulo na competição. A informação foi divulgada nesta quarta-feira pelo próprio clube, em nota oficial, afirmando que já comunicou a CBF e que vai buscar parceiros econômicos para viabilizar a participação na competição nacional.

"A direção do São Caetano pensando no futuro financeiro e na continuidade do clube, a partir dos acontecimentos gerados pela crise da covid-19, havia definido que não disputaria a Série D do Campeonato Brasileiro de 2020. Porém após muitas reflexões e para garantir os empregos de atletas, membros da comissão técnica e demais profissionais ligados ao departamento de futebol profissional, além de fazer valer o direito da vaga para disputar a competição, pelo título conquistado da Copa Paulista de 2019 e para manter acesa a chama da paixão do torcedor que tanto honra a história do Clube, comunica que fez todos os esforços possíveis e vai disputar a Série D da atual temporada", informou no comunicado oficial.

Após a desistência do São Caetano, diversos clubes chegaram a pleitear a vaga, em especial o EC São Bernardo, que entraria no lugar do rival do ABC paulista pela classificação na Copa Paulista do ano passado.

No entanto, a CBF havia definido pela exclusão da vaga por conta da desistência do São Caetano e a Série D seria então disputada com 67 times, um a menos do que o previsto inicialmente.

"Para isso (volta à Série D) já comunicou de maneira oficial a Federação Paulista de Futebol e a CBF. E agora vai buscar no mercado parceiros comerciais para patrocinar a equipe no segundo semestre. Torcedor do Azulão contamos com seu apoio sempre", completou a diretoria do São Caetano na nota oficial.