Mobilidade

São José dos Pinhais inicia projeto do anel cicloviário

Implantação começa nos próximos dias: modernismo
Implantação começa nos próximos dias: modernismo (Foto: Divulgação/Prefeitura SJP)

Nos próximos dias, a Secretaria Municipal de Urbanismo, Transportes e Trânsito (Semutt), da Prefeitura de São José dos Pinhais, vai iniciar a implantação do 1º Anel Central Cicloviário da cidade que terá quase seis km de extensão a partir da Avenida Souza Naves.

Exclusiva às bicicletas, a infraestrutura vai atender uma grande demanda da população, além de várias solicitações e protocolos realizados à Administração Municipal nos últimos anos.

O anúncio foi feito na tarde da última segunda-feira pela Prefeita Nina Singer, logo após uma reunião com os secretários municipais das pastas de Governo, Thiago Bührer, e da Semutt, Lucas Pigatto.

“Esse é um grande projeto que vamos iniciar na cidade, com o objetivo de garantir mais mobilidade urbana. Estamos inovando nas ações para beneficiar os cidadãos”, disse a prefeita.

Dentro da agenda de Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS 2030) – da Organização das Nações Unidas (ONU) – o 1º Anel Central Cicloviário de São José dos Pinhais, segue a tendência mundial das grandes cidades (sustentáveis e inteligentes), antecipando, também, demandas do Plano Municipal de Mobilidade relacionados à Política Nacional de Mobilidade Urbana, que tem como uma das diretrizes priorizar modais de transporte não motorizados sobre os modais de transporte motorizados (carros, ônibus, motos, por exemplo).

“Pensando no cidadão, a Prefeitura de São José dos Pinhais está investindo neste projeto tão importante para a mobilidade urbana do município”, afirmou o secretário de Governo, Thiago Bührer.

Além de estimular a mobilidade ativa, incentivando o uso da bicicleta, a prática do exercício também pode proporcionar melhorias nos indicadores da Saúde e do Meio Ambiente, com a possibilidade de redução de carros no centro da cidade, e consequente diminuição da emissão de gás carbônico (CO2) – composto químico gasoso capaz de provocar desequilíbrios no efeito estufa do planeta Terra.

Segundo o secretário Lucas Pigatto (Semutt), o Anel Central Cicloviário é o primeiro de muitos outros grandes projetos para São José dos Pinhais.

“Vamos iniciar pela área central, proporcionando mais segurança e mobilidade em prol de uma cidade cada vez mais inteligente e sustentável para o cidadão”, comentou Pigatto.

Com a execução possível em curto prazo – segundo a Semutt – a implantação do anel central também deve diminuir a incidência de acidentes com ciclistas (considerados leves e graves, com ou sem risco à vida) organizando de maneira inteligente o trânsito de bicicletas na região central de forma barata e alterável com pinturas, placas e tachões.