Publicidade
Campanha

Saúde faz apelo para que grupos de risco se vacinem contra a gripe

Com o início, nesta quarta-feira (10), da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez um apelo para que o público-alvo compareça às unidades de saúde para se imunizar. A expectativa, de acordo com o Ministério da Saúde, é imunizar 58 milhões de pessoas até o dia 31 de maio. “Serão doses de vacina onde vamos garantir o inverno para aqueles que necessitam e evitar que aquela gripe se transforme em pneumonia, em tristeza e óbito”, disse Mandetta.

No Paraná a Secretaria Estadual da Saúde já recebeu 1,4 milhão de doses de vacina do Ministério da Saúde e no total deverá receber 3 milhões e 618 mil doses. “Nossa orientação é para que a população busque a unidade mais próxima para a imunização. A vacina é segura e protege contra o vírus”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, reforçando o apelo do ministro.

A primeira fase da vacinação contra a gripe no Paraná vai até o dia 19 de abril e tem como público-alvo crianças de 6 meses até 5 anos, as gestantes, puérperas, que são as mulheres que acabaram de ter bebês nos últimos 45 dias, e povos indígenas.A segunda fase, a partir do dia 22, abrangerá idosos, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes e jovens de 12 a 20 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES