Nova onda de Covid-19

Secretária de Saúde de Curitiba alerta: 'Não temos mais equipes para abrir leitos'

(Foto: Facebook)
Em desabafo no Facebook, a secretária municipal de Saúde, Márcia Huçulak, ao anunciar a montagem de 40 novos leitos para Covid-19, disse que a Prefeitura de Curitiba não tem mais equipes para abrir leitos.  "Não tem sábado, domingo feriado para a nossa equipe. Estamos montando mais 40 leitos para atender Covid. Mas aviso que tudo tem limite, não temos mais equipes para abrir leitos. As pessoas precisam entender que não se tem médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e toda a equipe de apoio laboratorial e limpeza no almoxarifado. Podemos ter camas, respiradores, monitores, medicamentos em estoque.Profissionais de saúde e de apoio são pessoas que tem família, que também precisam descansar, querem ver seus filhos e pais e muitos não o fazem há meses", postou ela no Facebook, no último sábado.

Curitiba está desde sexta em bandeira laranja de alerta para covid-19. Desde o início de novembro, a capital paranaense vê uma escalada no número de contaminações, casos ativos e mortes e como consequência, os hospitais, tanto públicos quantos particulares, vivem a ameaça de colapso. 
No dia 31 de outubro, a cidade contava com 3.762 casos ativos, aqueles com potencial de transmissão da doença, número que vinha dentro de um patamar de segurança. Porém, ontem, segundo boletim da Secretaria Municipal de Saúde, eram 13.582 os casos ativos em circulação, número 3,6 vezes maior que 30 dias antes.

Último boletim

Neste domingo (29/11), Curitiba registrou 970 novos casos de Covid-19 e 18 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde. Dos óbitos, 17 ocorreram nas últimas 48 horas. As novas vítimas são 10 homens e oito mulheres, com idades entre 49 e 86 anos. Até agora são 1.729 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia. Com os novos casos confirmados, 77.506 moradores de Curitiba testaram positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 62.195 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

Neste domingo, a taxa de ocupação dos 339 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 93%. No sábado estava em 91%. No momento há 25 leitos livres. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença.