Funcionalismo

Secretário da Fazenda sinaliza que servidores do Paraná não terão reajuste em 2021

Renê Garcia Júnior, hoje na Assembleia: segundo secretário da Fazenda, "a crise não terminou".
Renê Garcia Júnior, hoje na Assembleia: segundo secretário da Fazenda, "a crise não terminou". (Foto: Franklin de Freitas)

O secretário de Estado da Fazenda, Renê Garcia Júnior, sinalizou hoje, durante audiência pública de prestação de contas do governo de 2020 na Assembleia Legislativa, que dificilmente haverá margem para que os servidores públicos estaduais tenham reposição salarial em 2021. Garcia Júnior alegou que, apesar do Paraná ter passado de forma “relativamente tranquila” pela crise do ano passado motivada pela pandemia do Covid-19, a situação ainda é preocupante, e exige cautela nos gastos públicos.

No início do ano, o governador Ratinho Júnior (PSD) suspendeu reajuste salarial de 1,5% dos servidores públicos estaduais previsto para ser pago em janeiro. O reajuste havia sido proposto pelo próprio governo em 2019. Na ocasião, a previsão era de reposição de 5,08%, parcelado em três vezes. Em janeiro de 2020, foram pagos 2%. Outras duas parcelas de 1,5% estavam previstas para serem pagas em janeiro de 2021 e janeiro de 2022.

Leia mais no blog Política em Debate