Publicidade
Exame Nacional do Ensino Médio

Segundo dia do Enem 2019. Provas terão cinco horas de duração máxima. Veja as orientações do Inep

(Foto: Rovena Rosa/ABr)

Falta pouco para o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, que ocorre neste domingo, 10 de novembro. Agora, os participantes terão cinco horas para realizarem as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias. Os portões dos locais de prova abrirão às 12h, pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) orienta os participantes a buscar as fontes oficiais para tirar dúvidas e receber orientações. Todo o conteúdo oficial sobre o Enem 2019 é identificado com as logomarcas do Inep e do Ministério da Educação (MEC).

As páginas do Inep e do MEC na internet e em suas redes sociais estão veiculando várias campanhas sobre o Enem, com orientações sobre documentos válidos, horários, itens permitidos, obrigatórios e proibidos, além de dicas para não zerar a redação. No YouTube do Inep, há ainda vídeos de orientação sobre a aplicação e o que antecede as provas.

Vale lembrar que, para este domingo, as regras permanecem as mesmas. A única caneta aceita, tanto para a redação quanto para assinalar as respostas no cartão, é a esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. O participante deve levar documento original com foto, válido conforme previsto no edital do Enem 2019.

Para quem faltou no primeiro dia do Enem o Inep informa que o participante poderá fazer as provas neste domingo, 10. O boletim de desempenho individual, entretanto, terá somente as notas das provas realizadas e o Enem servirá apenas para autoavaliação do participante.

Lembretes – Será eliminado o participante que deixar o telefone celular ou outro aparelho eletrônico emitir qualquer som durante a prova, mesmo que o item esteja desligado e no envelope porta-objetos lacrado. Durante a prova, o participante deverá manter, debaixo da carteira, o envelope porta-objetos, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva. Os lanches não precisam estar em embalagens transparentes, mas serão vistoriados no dia da prova. Outra inovação é a Folha de Rascunho para cálculos no final do Caderno de Questões. Neste ano, o chefe de sala vai fazer a coleta da biometria no Cartão-Resposta com um coletor de digital.

Reaplicação – Quem não realizou o exame por problemas logísticos poderá solicitar a reaplicação. Atenção: não é qualquer acontecimento que pode ser considerado problema logístico! Para o Inep, problemas logísticos são casos excepcionais, como desastres naturais (que prejudiquem a aplicação do exame devido ao comprometimento da infraestrutura do local), falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural) ou erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que incorra em comprovado prejuízo ao participante.

O pedido de reaplicação poderá ser feito entre os dias 11 e 18 de novembro, por meio da Página do Participante. A solicitação não significa direito à reaplicação. Os casos serão avaliados, individualmente, pela Comissão de Demandas do Inep. O resultado da solicitação poderá ser consultado, também, na Página do Participante. A reaplicação do Enem 2019 irá acontecer nos dias 10 e 11 de dezembro, para quem tiver o pedido aprovado.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES