Publicidade
Arena da Baixada

Sem divisão de torcidas, Athletico coloca ingressos à venda para o Atletiba

Atletiba na Arena da Baixada
Atletiba na Arena da Baixada (Foto: Geraldo Bubniak)

O Athletico Paranaense começou nessa segunda-feira (dia 28) a venda de ingressos para o clássico contra o Coritiba, na próxima quarta-feira (dia 30), na Arena da Baixada, pela quarta rodada da Taça Barcímio Sicupira Júnior – o primeiro turno do Campeonato Paranaense 2019. O clube informou que manterá as regras utilizadas desde 2018, do projeto “Torcida Humana”, ou seja, sem espaço reservado para a torcida visitante e sem a possibilidade dos torcedores rivais usarem camisas ou adereços com as cores do clube.

O Coritiba não concorda com essas medidas e promete lutar na Justiça para garantir que os torcedores possam entrar vestidos de verde na Arena da Baixada e tenham um setor reservado, como ocorre nos demais estádios do Brasil.

O Athletico informou que não haverá de venda de ingressos pela internet, apenas nos pontos físicos. As bilheterias da Arena da Baixada ficam abertas das 10 às 18 horas nessa segunda-feira e na terça-feira. Na quarta-feira, dia da partida, funcionam das 10h às 21h30. “A comercialização de ingressos é feita em caráter pessoal e intransferível: 1 ingresso por CPF. O cadastro da compra deve ser feito com o mesmo nome e CPF do torcedor que vai ao jogo. A biometria é obrigatória para todos os torcedores”, explicou o clube.

Os preços são R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia-entrada)

CORITIBA
O Athletico explicou que o Coritiba poderá adquirir 4.030 ingressos para o jogo – 10% da carga total. “Informa-se, igualmente, que o Coritiba Foot Ball Club [CFC] exerceu o seu direito de adquirir carga de ingressos correspondente a 10% da capacidade do estádio”, explicou o clube rubro-negro. “O CAP disponibilizará ao CFC vouchers numerados e com a indicação do local reservado a cada torcedor, espalhados por todos os setores, para que a torcida visitante faça a aquisição. Com o voucher em mãos, o torcedor da equipe visitante deverá comparecer pessoalmente ao Estádio Joaquim Américo Guimarães para o respectivo cadastramento biométrico e retirada do ingresso, o que deverá ser feito com a máxima antecedência possível e, no máximo, em até duas horas antes do início da partida”, afirmou a nota do Athletico.

“É necessário reforçar que continuará vigente para esta partida o projeto de iniciativa do Ministério Público do Estado do Paraná da 'torcida humana'. Assim, não será permitido o acesso ao estádio com vestimentas e adereços que façam referência, ainda que indireta, às cores e aos signos da equipe visitante, por medida de segurança”, informou o Furacão, em texto no site oficial.

“Contamos com a atenção e colaboração dos torcedores presentes para que respeitem o torcedor adversário, que poderá estar sentado ao seu lado. Pedimos à torcida athleticana que receba o torcedor visitante com amizade e respeito. Futebol não é guerra. É um entretenimento que envolve muito amor ao seu clube de coração e ao próximo. Vamos provar a todos que os dois maiores clubes de Curitiba podem torcer e competir com humanidade e civilidade!”, declarou o Athletico, na nota.

IMPÉRIO
A torcida Império Alviverde, principal organizada do Coritiba, divulgou nota oficial na sua página no Facebook. “Estamos à 72 hrs do maior jogo desse estado e até agora nenhuma informação de como será o procedimento de venda de ingressos, trabalho de escolta de torcidas ou mesmo se será torcida única? nenhuma palavra dos organizadores do evento, FPF, CAP e PM. Tamanho descaso com o torcedor tira ainda mais o interesse dos mesmos com esse campeonato que já não vale quase nada. Depois vão culpar os torcedores por acontecimentos desagradáveis tanto no caminho quanto no estádio quando os verdadeiros culpados são os dirigentes e organizadores desse campeonato!!”, publicou o grupo.

DESTAQUES DOS EDITORES