Ganhador não aparece e prêmio de R$ 23 milhões é prescrito

O prêmio de R$ 23 milhões da Mega-Sena, sorteado em 10 de junho e cujo ganhador ainda não apareceu para reclamar, está prescrito, segundo informou o gerente nacional de Loterias de Caixa, Edilson Carrogi.

Pela lei, a pessoa que acertou as dezenas 01 - 08 - 17 - 44 - 46 – 53 teria 90 dias para retirar o prêmio. Por conta da greve dos bancários, a Caixa prorrogou o prazo para retirada e o vencedor teria de aparecer para reclamar seu prêmio até a última terça-feira (15), um dia após o fim da greve, mas não o fez.

Agora, o prêmio não será mais entregue. Se ele se apresentasse até o final do dia 15 com o bilhete, retiraria o prêmio. Se ele aparecer agora, pela Caixa não retira. Caso eventualmente haja uma ordem judicial, aí a Caixa vai entregar", afirmou .

O vencedor da Mega-Sena era de Ponta Grossa. Agora, a bolada de irá para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), programa do Ministério da Educação destinado a financiar cursos de graduação em educação superior). Antes, porém, não faltou quem não tentasse levar o prêmio. Segundo Valquiria Kubisch, gerente da lotérica Big Sorte, na praça Barão do Rio Branco, centro de Ponta Grossa, cerca de 10 pessoas já tentaram se passar pelo ganhador.