Sem grande elenco, Ceni aponta para priorização de campeonatos no São Paulo

A proximidade da maratona de jogos pelo Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana deve fazer o técnico Rogério Ceni anunciar a priorização de campeonatos no São Paulo. A tendência é o treinador escalar o que tem de melhor na maior competição nacional, deixando como segundo plano os dois torneios mata-mata.

"Todo mundo quer que você ganhe esses jogos, mas tem que analisar, temos limite", disse Ceni, após a vitória sobre o América-MG, dando a entender a falta de opções no elenco, principalmente neste período em que vários atletas estão contundidos.

Ceni não admite, mas poderia escalar um time misto na disputa das oitavas de final da Copa do Brasil, mas o fato de o adversário ser o Palmeiras torna obrigatório que os titulares estejam em campo. Desta forma, a contragosto, o técnico poderá mudar o time em duelos pelo Brasileiro.

O São Paulo volta a jogar pelo Brasileirão na quinta-feira, diante do Botafogo. Depois fará dois jogos seguidos no Morumbi frente ao Palmeiras. Um pelo Brasileiro na segunda-feira (dia 19) e outro dia 23, pelo jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil.

O time tricolor volta a jogar em casa, dia 26, contra o Juventude, pelo Brasileiro, e na sequência viaja para o Chile, onde encara a Universidad Católica no primeiro duelo das oitavas da Copa Sul-Americana.

Em julho, o São Paulo vai ter pela frente o Atlético-GO, em Goiânia (dia 3), o Universidad Católica (dia 7), no Morumbi, o Atlético-MG, em Minas (dia 10) e o Palmeiras (dia 14), no Allianz Parque. Em 32 dias, serão dez jogos.