Assine e navegue sem anúncios [+]
Tempo

Semana será de sol, madrugadas frias e tardes de calor em Curitiba e região

(Foto: Franklin de Freitas)

Não há nem sinal de chuva para Curitiba e Região por pelo menos dez dias, segundo previsão do Climatempo. Se não fosse a estiagem que castiga todo o Estado e causa uma falta de água já crônica, os curitibanos comemariam o sol. Os próximos dias serão marcados por sol e por grandes amplitudes térmicas, com temperaturas baixas durante as madrugadas e as manhãs e calor no decorrer do dia. A neblina também deve marcar os próximos dias em toda a Região Metropolitana.

Segundo previsão do Simepar, nesta segunda (3) mínima a será de 7 graus e a máxima de 23,  na terça (4), a temperatura vai variar de 10 a 23, na quarta (5), de 10 a 24, e na quinta (6), de 9 a 24. De acordo com o Climatempo, que faz previsões mais longas, a partir de sexta (7), as mínimas sobem um pouco chegando a 14 graus no sábado (8).

Racionamento mais severo

A crise hídrica no Paraná tem se agravada com a falta de chuvas. Segundo o diretor de Meio Ambiente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Julio Gonchorosky, a empresa estuda adotar um sistema de rodízio mais rígido, ampliando o período de desabastecimento dos imóveis de Curitiba e Região Metropolitana.

A medida, de acordo com Gonchorosky, se faz necessária a medida que o nível dos reservatórios está cada vez mais crítico. Em entrevista a CBN Curitiba, Gonchorosky, disse que a medida pode ser adotada, pois, não há previsão de chuvas para a primeira quinzena de agosto. O mês de agosto é considerado o mais seco para a região leste do Paraná. A previsão de chuvas para o mês é de apens 90 milímetros (mm), segundo o executivo.

Em julho, o volume de chuvas foi de apenas 26mm, menos da metade do que a média histórica mensal que é de 90mm, de acordo com os dados do Instituto Simepar. Com isso, a estiagem segue severa no Paraná, sem chuvas significativas há mais de um ano. A pior crise hídrica do estado levou o Poder Executivo a decretar estado de emergência hídrica até início de novembro.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK