Publicidade

Sérgio Reis afirma que entrou para a política para retribuir o carinho que recebeu do público

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Vários famosos, com carreiras consolidadas ou ainda embrionárias, já cogitaram, tentaram ou, de fato, entraram para a carreira política nos últimos anos. Mas por quê? O cantor Sérgio Reis, 78, eleito deputado federal em 2014, afirmou que decidiu pelos novos ares como uma forma de retribuir o carinho do público. 

"O meu propósito era dar o troco, retribuir o povo. Completei 60 anos de carreira, de carinho, de ternura que as pessoas têm comigo. Estava indo para Brasília esses tempos e encontrei um grupo de senhoras que me fizeram cantar. Perdi o avião para tirar foto uma por uma, isso é carinho", disse no Mariana Godoy Entrevista (Rede TV!).

Reis também avaliou seu trabalho na Câmara: "Sempre fui solicitado para fazer shows beneficentes, então eu conhecia a saúde desse país, e não tem [estrutura]. Da minha emenda parlamentar até agora, 42 milhões eu já coloquei na saúde", afirmou ele no programa que vai ao ar na noite desta sexta-feira (18). 

O cantor, conhecido por sucessos como "Menino da Porteira" e "Panela Velha", também avaliou sua trajetória na música e destacou a conquista do Grammy Latino. "É o maior troféu que um músico pode receber e além das [quatro] estatuetas, foram sete indicações", disse ele, que hoje faz parte da comissão julgadora do prêmio. 

No ano passado, Reis passou por alguns sustos em decorrência de problemas de saúde, tendo sido internado para o controle da glicemia, já que ele é diabético, poucos dias depois de ter passado por uma cirurgia cardíaca. Assim que deixou o hospital, no entanto, no final de agosto, já retomou sua agenda de shows.

DESTAQUES DOS EDITORES