Publicidade

Serra diz que sua prioridade é 'derrotar o PT'

O ex-governador José Serra confirmou nesta terça-feira, 1º, o que já havia dito a correligionários e pessoas próximas: fica no PSDB. No Facebook, Serra disse que o PSDB é a "trincheira adequada" para seu principal objetivo: derrotar o PT. "A minha prioridade é derrotar o PT, cuja prática e projeto já comprometem o presente e ameaçam o futuro do Brasil. O PSDB, partido que ajudei a conceber e a fundar, será para mim a trincheira adequada para lutar por esse propósito", escreveu.

O nome de Serra esteve ligado em negociações com partidos como o PSD e o PPS. A intenção do ex-governador era voltar a disputar a Presidência da República e a predileção do PSDB pelo nome do senador e presidente do partido, Aécio Neves, fez com que Serra adiasse até agora a decisão sobre sua permanência no partido.

Aécio divulgou nesta tarde nota em que anuncia a permanência de Serra no partido. Na manifestação, Aécio disse que Serra é uma figura "indispensável" ao PSDB. "José Serra é uma figura indispensável ao PSDB, de tal forma que sempre foi difícil para mim conceber nosso partido sem ele", disse.

Candidato mais cotado para disputar pelo PSDB o Palácio do Planalto nas eleições de 2014, Aécio afirmou que ainda não chegou o momento de definição da candidatura presidencial do partido. "Ainda não é o momento de definir a candidatura presidencial do PSDB e do conjunto de forças que se dispuserem a marchar conosco. A presença de José Serra em nossas fileiras fornece a nós, tucanos, e aos partidos aliados uma opção de grande dimensão política a ser avaliada no momento e segundo critérios adequados para o sucesso da luta comum", declarou.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES