Publicidade
Capacitação

SEST/SENAT Curitiba oferece alternativa para cobradores de ônibus

(Foto: Pedro Ribas/SMCS)

Estão abertas as inscrições para o Projeto Qualificação Profissional no Transporte Coletivo de Passageiros. São oferecidas 9 mil vagas, em 46 Unidades do SEST SENAT, para Cobradores de Ônibus com vínculo empregatício em empresas de Transporte Coletivo de Passageiros em todas as regiões do país. Vale ressaltar que o treinamento e todo o processo de mudança da categoria da CNH serão totalmente gratuitos para o profissional e para as empresas. Em Curitiba a Unidade do SEST SENAT oferece 378 vagas.

“Essa é uma grande oportunidade para o profissional que está preocupado com as mudanças que estão acontecendo no setor. Nesse cenário, em vez de perder, o trabalhador qualificado ganha. É isso que o SEST SENAT está oferecendo aos cobradores que terão oportunidade de subir na carreira, passando a motoristas de ônibus coletivos”, completou Nicole Goulart, diretora executiva do SEST SENAT.

As inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico www.sestsenat.org.br por meio do preenchimento de formulário e podem ser realizadas até às 17h (horário de Brasília) do dia 21 de março de 2019. A simples inscrição não garante a vaga e é muito importante que o profissional fique atento, pois a convocação será feita exclusivamente por e-mail e estabelecerá um prazo de três dias úteis para que o candidato vá até a Unidade do SEST SENAT e entregue a documentação. Os documentos aceitos estão previstos no Anexo II do edital.

Entre as exigências estão as seguintes: o candidato deverá comprovar vínculo empregatício na função de cobrador de ônibus; possuir CPF; e enquadrar-se nas regras do Contran quanto aos requisitos de tempo de CNH para realizar a mudança de categoria.

É fundamental ler o edital. O documento informa todos os requisitos e procedimentos necessários. Todas as informações estão disponíveis na página do projeto Qualificação Profissional para Cobrador no Transporte Coletivo de Passageiros.

A iniciativa capacitará os trabalhadores para que possam atuar como motoristas profissionais por meio da mudança da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) da categoria B para a D. Eles também terão que fazer o curso “Especializado para Condutores de Veículos de Transporte Coletivo de Passageiros” (Resolução nº 168/2004 do Contran) – que é necessário para o exercício da profissão de motorista do transporte coletivo de passageiros e também o curso de “Aperfeiçoamento de Motorista para o Transporte de Passageiros”, realizado com prática no Simulador de Direção do SEST SENAT.

Além da Unidade de Curitiba/PR, outras 45 também receberão o Projeto de Qualificação Profissional no Transporte Coletivo de Passageiros: Maceió (AL), Manaus (AM), Feira de Santana (BA), Simões Filho (BA), Crato (CE), Fortaleza (CE), Brasília (DF), Cachoeiro do Itapemirim (ES), Cariacica (ES), Colatina (ES), Luziânia (GO), São Luís (MA), Belo Horizonte/Jardim Vitória (MG), Belo Horizonte/Serra Verde (MG), Contagem (MG), Juiz de Fora (MG), Montes Claros (MG), Patos de Minas (MG), Pouso Alegre (MG), Vale do Aço (MG), Belém (PA), João Pessoa (PB), Cabo de Santo Agostinho (PE), Teresina (PI), Foz do Iguaçu (PR), Barra Mansa (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Rio de Janeiro/Deodoro (RJ), Natal (RN), Carazinho (RS), Caxias do Sul (RS), Passo Fundo (RS), Pelotas (RS), Porto Alegre (RS), Santa Maria (RS), Santa Rosa (RS), Lages (SC), Blumenau (SC), Florianópolis (SC), Guarulhos (SP), Jacareí (SP), São Paulo/Vila Jaguara (SP), Santo André (SP), Taubaté (SP), São Paulo/Parque Novo Mundo (SP).

DESTAQUES DOS EDITORES