Autoestima

Setor de implantes dentários cresce 15% ao ano no Brasil

A cada ano, mais pessoas buscam por implantes dentários para restaurar o sorriso. De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o setor cresce aproximadamente 15% ao ano e deve manter o ritmo na próxima década, já que o número de pessoas sem dentes no Brasil ainda é alto. Aos 28 anos de idade, os brasileiros já perderam, em média, 5 dos 32 dentes, segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal, do Ministério da Saúde. Aos 42 anos, a proporção pode chegar a 35% e, entre as pessoas com mais de 40 anos, pode superar a falta de 50% dos dentes.

Baixa autoestima, vergonha ao sorrir e dificuldade em relacionamentos estão entre os incômodos causados pela falta dos dentes – isso sem contar os problemas para se alimentar. Para solucionar o problema e ainda inovar no mercado odontológico, a chegada dos implantes trouxe mais tecnologia e segurança aos pacientes que precisam recuperar o sorriso.

De acordo com a responsável técnica da Oral Unic Campo Largo, Dra. Monique First, os implantes dentários são a maior evolução da odontologia. “Tanto jovens como idosos buscam soluções para restaurar o sorriso, e o implante é a opção mais segura e confortável para o paciente. A odontologia tem evoluído para devolver a autoestima da população e os implantes vêm para proporcionar essa naturalidade”, afirma Dra. Monique.

Além da naturalidade, os implantes também proporcionam mais conforto e confiança ao paciente. Por serem integrados ao osso, oferecem um suporte estável para as próteses artificiais, trazendo mais segurança para a pessoa ao falar, comer e fazer a higienização bucal – diferente das próteses removíveis, que podem causar dor na região da gengiva causada pela instabilidade na boca.

Para ter o melhor resultado no procedimento, a qualidade e o profissionalismo são essenciais. Em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba (PR), a Oral Unic inaugurou uma clínica especializada em implantes odontológicos. “Com muita tecnologia e atendimento de qualidade, a Oral Unic vem para contribuir com uma Campo Largo mais inovadora e com saúde bucal de referência”, finaliza First.