Publicidade
Final de ano

Shoppings do Paraná devem criar 24,5 mil vagas temporárias

Vagas devem suprir a demanda de fim de ano: otimismo com o Natal
Vagas devem suprir a demanda de fim de ano: otimismo com o Natal (Foto: Valquir Aureliano)

As festas de final de ano se aproximam e com isso começam a surgir oportunidades de trabalho temporário no varejo e no setor de serviços. Inclusive, um levantamento feito pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) e divulgado nesta segunda-feira (21) revela que o Paraná deve ser um dos estados que mais criará postos de trabalho para o período de final de ano.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes de Lojistas (CNDL), as contratações em todo o Brasil devem somar 103 mil vagas até o fim do ano. Apenas no Paraná, a previsão é de 24,5 mil contratações, o equivalente a 23,8% de todas as vagas de trabalho temporário que serão abertas no país.

Luis Augusto Ildefonso, diretor institucional da Alshop, aponta que o número de contratações do Paraná considera datas comemorativas como Black Friday e Natal e também reflete as boas expectativas do setor para as festas de final de ano, com crescimento do consumo.

“O número é significativo pois os lojistas querem repor o número de funcionários que foram desligados durante o período de baixa atividade econômica e ainda contratar um reforço para atender aos clientes da melhor forma possível”, explica Ildefonso. “Além disso, o fluxo de pessoas dentro dos shoppings deve aumentar nos últimos meses do ano, pois hoje a taxa de juros está menor e o número de famílias endividadas caiu por conta da liberação dos saques do FGTS. Então, com mais crédito, provavelmente as pessoas voltam a movimentar a economia por meio do consumo no varejo”, aposta.

Caso a previsão da Alshop para o país seja confirmada, o período natalino de 2019 registrará o maior volume de contratações desde 2014. Na comparação com o mesmo período do ano passado, serão quase 44 mil postos a mais de trabalho.

De acordo com os associados da ALSHOP, os segmentos que terão um aumento nas contratações serão: supermercados, restaurantes, vestuário feminino e masculino, calçados, perfumaria e cosméticos, sendo que aproximadamente 25% desses trabalhadores temporários poderão ser efetivados. E para os novos contratos o salário médio de contratação para esses períodos gira em torno de R$ 1.600, que comparado com o ano passado, não houve mudança.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES