Publicidade
Coritiba 2 x 0 Vila Nova

'Só vou relaxar quando colocar o Coritiba na Primeira Divisão', diz Umberto Louzer

(Foto: Valquir Aureliano)

Alívio pela vitória? Que nada! Depois do triunfo por 2 a 0 do Coritiba diante do Vila Nova, o técnico Umberto Louzer tratou de ressaltar que o resultado, mesmo positivo, ainda não dá tranquilidade ao time ou mesmo a ele próprio, que antes da partida no Couto Pereira estava ameaçado de demissão em caso de tropeço.

“Temos trabalhado bastante, ficamos felizes pela vitória, por quebrar alguns tabus, (alcançar) dois jogos seguidos vencendo. Mas tranquilidade não tem, é já pensar no Operário (próxima sexta-feira) para gente fazer um grande jogo também e conquistar os três pontos”, disse o treinador coxa-branca em entrevista coletiva. “A tranquilidade, a calmaria nunca vem. A maior pressão é minha sobre Umberto mesmo (risos). Só vou relaxar quando atingir o objetivo deste clube, que é colocar o Coritiba na Primeira Divisão”, emendou ainda Louzer.

O aspecto mais exaltado da partida pelo técnico foi a entrega dos jogadores. Segundo ele, depois do tropeço contra o Criciúma, na primeira partida após a parada para a Copa América, os atletas do Coxa mudaram de postura e passaram a jogar e treinar de forma mais interessada.

“A Série B te exige a transpiração, é competitividade. Potencial e qualidade técnica essa equipe tem. Em alguns momentos dentro da partida a gente oscilava. Tivemos uma reunião após o (jogo contra) Criciúma. Os atletas têm demonstrado (mais vontade e comprometimento). E pudemos ver isso tanto no jogo contra o São Bento como hoje.”

Outro assunto da conversa com a imprensa foi a atuação de Rodrigão e Thiago Lopes, autores dos gols que deram os três pontos ao time paranaense. Sobre o meia-atacante, prata da casa, ele revelou que o clube está fazendo todo um trabalho especial para que o jogador finalmente tenha sequência e não sofra mais tanto com as lesões.

“O Rodrigão está fazendo sua historia, se tornando ídolo. É uma atleta que tem nossa confiança, tem cumprido suas funções,nos ajudado nessa parte defensiva e tem dado continuidade aos gols. Já o Thiago Lopes é um menino com potencial de crescimento muito grande, mas que sofreu muito com as lesões. Fizemos um trabalho especial com ele e está conseguindo ter essa sequência. Tem que dar confiança, segurança e o tempo para que ele possa deslanchar. Vai nos ajudar muito ainda nessa competição.”

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES