Sob pressão, Ponte Preta e Cruzeiro buscam a primeira vitória na Série B

Em jejum de vitórias, Ponte Preta e Cruzeiro já sofrem pressão dentro e fora de campo neste início de Série B do Campeonato Brasileiro. E a obrigação pelos três pontos estará visível no confronto desta quarta-feira, às 21h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela quarta rodada.

Derrotada pelo Sampaio Corrêa, por 1 a 0, nos acréscimos, a Ponte Preta completou um mês e 11 dias sem vitória. São sete jogos de seca, sendo três empates e quatro derrotas. A última vitória aconteceu no dérbi contra o Guarani, por 3 a 1, em 5 de maio, pelo Paulistão. Na Série B, o time paulista tem apenas um ponto, a mesma pontuação do Cruzeiro.

Na estreia de Mozart Santos, o time mineiro arrancou empate, por 1 a 1, com o Goiás. Levando em conta a Série B de 2020, o Cruzeiro não vence há cinco partidas - três empates e duas derrotas.

Mozart terá a opção de contar com o meia-atacante Giovanni Piccolomo. O jogador estava emprestado ao Avaí, mas o treinador pediu sua volta. Mozart, porém, não terá o lateral-direito Raul Cáceres e o meia Marco Antônio, que se recuperam de covid-19.

O volante Jadson, por sua vez, foi expulso na rodada passada mesmo estando no banco de reservas e cumprirá suspensão. O técnico cruzeirense, porém, tenta transmitir otimismo. "Acredito que em dois, três jogos já será possível definir um sistema de jogo que se adapte da melhor maneira possível às características dos meus jogadores", comentou Mozart.

De outro lado, Gilson Kleina, da Ponte Preta, acredita que é uma boa chance do time ganhar confiança. "É elevar o nível de concentração. É um jogo grande. Espero que a vitória possa acontecer", disse o técnico.

Em relação ao time, Kleina não contará com o lateral-esquerdo Rafael Santos. Como pertence ao Cruzeiro, ele ficará fora da partida por conta de um acordo entre os clubes. Jean Carlos assume a posição. Há chance de Felipe Albuquerque ir para a esquerda e, assim, Kevin entrar na direita. Mas Kleina não deve improvisar.

O treinador ainda terá os reforços do zagueiro Fábio Sanches e do atacante Rodrigão. Os dois tiveram os nomes publicados no BID e ficam à disposição.