Funcionários fantasmas

STF valida provas de investigação na Assembleia no caso 'diários secretos'

Assembleia: MP aponta desvios de mais de R$ 200 milhões com funcionários "fantasmas"
Assembleia: MP aponta desvios de mais de R$ 200 milhões com funcionários "fantasmas" (Foto: Dálie Felberg/Alep)

O Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a competência do juízo de primeiro grau para autorizar as diligências realizadas durante investigação do Ministério Público do Paraná (MP/PR) contra ex-diretores da Assembleia Legislativa do Paraná. As ações foram realizadas por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), no âmbito do caso que ficou conhecido como “Diários Secretos”. Hoje, o Ministério Público foi intimado da decisão do STF, que teve como relator o ministro Dias Toffoli.

Leia mais no blog Política em Debate