Suíça anuncia novas sanções contra a Rússia e proíbe transações com ouro

Com a guerra na Ucrânia ainda sem sinal de estar próxima de um fim, a Suíça anunciou novas sanções contra a Rússia, que entraram em vigor nesta quarta, 3, de acordo com o Conselho Federal da Suíça.

"As novas medidas dizem respeito principalmente à proibição de comprar, importar ou transportar ouro e produtos de ouro da Rússia", diz o documento, reforçando que as sanções estão sendo impostas em resposta à "contínua agressão militar" contra a nação ucraniana.

O banco russo Sberbank agora está com seus ativos congelados e proibido de fornecer fundos, recursos econômicos ou serviços técnicos. Além disso, o banco em breve terá de vender todas as suas subsidiárias, à medida que "novas derrogações estão sendo introduzidas".

Como exceções abertas pelo Conselho Federal, transações que envolvem produtos agrícolas e fornecimento de petróleo a terceiros, como a União Europeia (UE), não serão afetadas pelas sanções.