Tráfico de pessoas

Suposto ‘olheiro’ é condenado por aliciar jovens jogadores

(Foto: Reprodução/MP-PR)

A Justiça do Paraná condenou, na última sexta-feira, um homem que aliciava jovens atletas de futebol. A ação penal foi ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Paraná (MPPR), após atuação conjunta com o Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR) na investigação do caso.

O condenado pelo crime de tráfico de pessoas se apresentava como olheiro e alojava jovens com a promessa de que eles fariam testes em grandes clubes de futebol. Ele tinha 12 jovens sob sua guarda e deve cumprir 12 anos de prisão em regime fechado. As vítimas eram jovens entre 11 e 16 anos que vinham de diversas regiões do país.