Publicidade

Talles Magno comemora vitória do Vasco em 'despedida' antes do Mundial Sub-17

A torcida do Vasco fez uma festa especial para marcar a despedida do atacante Talles Magno após a vitória sobre o Fortaleza, por 1 a 0, na tarde deste domingo, em São Januário, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, ele se apresenta à seleção brasileira para a disputa do Mundial Sub-17.

Talles Magno chegou a ser dúvida para esta partida por conta de problemas no tornozelo, mas pediu para jogar e foi um dos destaques. Apesar de não marcar, ele fez boa partida, partindo para cima dos adversários e cavando a expulsão de Gabriel Dias após dar uma "lambreta" próximo da linha de fundo.

"Foi uma despedida da melhor maneira possível. Não saiu o gol, mas saiu a vitória, com o comprometimento de todos. A emoção é grande. Agora é focar lá para que um possa voltar ainda melhor para ajudar aqui", comentou o jogador, bastante emocionado.

Quando a partida acabou, o atacante se dirigiu até um setor de arquibancadas para comemorar junto aos torcedores. Após ter seu nome cantado, Talles desabou em lágrimas.

Vanderlei Luxemburgo também foi só elogios ao atacante. "Futebol brasileiro não é robô, não é esquema tático. Se dá ênfase a isso e esquece que o que o Talles fez hoje foi o futebol brasileiro. Ele não fez (lambreta) de palhaçada: ele tirou um jogador do time adversário. Fiquei feliz hoje porque vi um jogador fazer a arte de jogar futebol do Brasil. E nós estamos acabando com isso", acrescentou.

O jovem deve desfalcar o Vasco por até um mês. Isto porque o Mundial Sub-17 termina no dia 17 de novembro.

FIM DO JEJUM - Com a vitória sobre o Fortaleza, o Vasco encerrou o jejum de três jogos sem vencer dentro de casa. Luxemburgo e o capitão Leandro Castán destacaram a importância do resultado.

"A vitória foi fundamental, porque conta um adversário direto. Eu não trabalho o momento, mas a competição. Se analisar, quando estávamos jogando contra o Avaí, eu tinha só dois pontos. Neste turno, somei cinco pontos. Estou começando o segundo turno melhor", disse o técnico, complementado pelo zagueiro. "Era uma coisa que incomodava a gente. Três jogos sem vencer aqui. É nosso caldeirão, voltar a conquistar um resultado positivo aqui é uma alegria muito grande."

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES