Publicidade

Taxa de pobreza deve avançar pela primeira vez desde 1998, diz Banco Mundial

O presidente do Grupo Banco Mundial, David Malpass, afirmou que a taxa de pobreza deve crescer este ano pela primeira vez desde 1998, como resultado da crise econômica desencadeada pelo coronavírus. Em evento virtual organizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), Malpass estimou que a pandemia deve empurrar 60 milhões de pessoas à pobreza.

O economista reiterou que a instituição tem atuado com o Fundo Monetário Internacional (FMI) para "abordar os desafios econômicos" atuais.

Segundo ele, há planos para elaborar programas de apoio financeiro a países emergentes. "Estamos trabalhando para resolver os problemas da maneira mais rápida possível", garantiu.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES