Mercado da bola

Tcheco assume o comando do Coritiba pela terceira vez

Tcheco
Tcheco (Foto: Geraldo Bubniak)

O auxiliar Tcheco será o técnico interino do Coritiba. A decisão foi anunciada pela diretoria do clube no sábado. Na madrugada de sexta-feira para sábado, o presidente Samir Namur decidiu demitir o técnico Eduardo Baptista,  o diretor de futebol, Augusto de Oliveira, o gerente de futebol, o ex-zagueiro Pereira, e o auxiliar-técnico Gustavo.

A decisão ocorreu após o empate em 0 a 0 com o Sampaio Corrêa, na noite de sexta-feira. 

Tcheco terá o apoio de Márcio Goiano, outro auxiliar-técnico da comissão permanente do Coritiba. Eles iniciam os trabalhos nesta segunda-feira (dia 13). O time volta a jogar no sábado, contra o Atlético-GO, em Goiania. Tcheco comandou o Coxa nesta Série B justamente contra o Atlético-GO, na segunda rodada (vitória por 1 a 0), dias após a demissão de Sandro Forner.

Esta será a terceira vez que Tcheco assumirá o comando da equipe. Ele esteve à frente do time em três partidas na reta final do Campeonato Brasileiro de 2013. Foram duas vitórias (2 a no Botafogo e 1 a 0 no São Paulo) e um empate (0 a 0 com Internacional).

DEMISSÃO
O presidente do clube, Samir Namur, não falou sobre a demissão dos profissionais do departamento de futebol. A assessoria de imprensa avisou que o dirigente concederá entrevista coletiva sobre o assunto nesta segunda-feira.

BAPTISTA
O técnico Eduardo Baptista assumiu o Coritiba na terceira rodada da Série B. E durou 18 jogos: seis vitórias, oito empates e quatro derrotas. Contra o Sampaio Corrêa, o time novamente decepcionou. O treinador adotou um novo esquema tático no primeiro tempo (4-4-2) e o time não se encontrou em campo. A defesa ficou vulnerável aos contra-ataques do adversário, o meio-campo não criou e o ataque não participou do jogo. No segundo tempo, o Coxa voltou ao esquema antigo (4-2-3-1) e conseguiu melhorar um pouco, mas não o suficiente para criar chances e incomodar o Sampaio Corrêa.