Assine e navegue sem anúncios [+]
Curitiba de Graça

Teatro pelo whatsapp faz parte do 'novo normal'

(Foto: Divulgação)

Eu sei, nada está como era antes e o que fazemos para aliviar a tensão? Curtimos a programação disponível em casa que o Curitiba de Graça traz para os leitores e leitoras do Bem Paraná. Ah, confira também dicas de ONGs para praticar a solidariedade e aprenda, com uma psicóloga, como lidar com o mau humor.

Para saber de todos os detalhes, acesse: www.curitibadegraca.com.br .
Boa leitura!


Cinema em casa
 
Documentários, longa-metragens nacional e infantil fazem parte da programação que vai até o dia 22 de julho do projeto Cinema #EmCasacomSesc e também do Cine Vitória, do Cine Passeio, que disponibilizam filmes gratuitos por streaming.

Em cartaz no Sesc, o filme brasileiro “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano, que conta a história que Elias, que sonha com o mar. Na fábrica em que trabalha, as responsabilidades aumentam à medida em que o fim de ano se aproxima. Depois de uma noite fazendo hora extra, ele colegas decidem sair e tomar uma cerveja. É quando novas possibilidades de encontros surgem no horizonte de Elias. Para assistir, basta acessar sescsp.org.br/cinemaemcasa.

Outro filme na programação é um infantil, da Estônia, e se chama A Sociedade Secreta de Souptown, com direção de Margus Paju. Em pleno festival de verão da cidade, Mari e seus amigos notam algo estranho: todos os adultos estão agindo como crianças! Eles pedem ajuda ao avô de Mari e recebem um caderno antigo com pistas para o antídoto contra a epidemia misteriosa que está afligindo a cidade.

No Cine Vitória, do Cine Passeio, está em cartaz uma antologia do mestre brasileiro do terror, o cineasta José Mojica Marins: a Mostra Zé do Caixão, uma parceria com a SpCine Play, com o filme À Meia-Noite Levarei Sua Alma, de 1964. Para assistir, basta acessar cinepasseio.org.

Confira também as dicas da coluna “Pausa Dramática”, aqui: https://curitibadegraca.com.br/podcast-de-variedades-filmes-de-super-herois-e-outras-dicas-culturais-do-pausa-dramatica/


Crédito: Divulgação

A solista Myria Tokmaji toca o Qanun, instrumento de cordas que é considerado um dos mais antigos do mundo. 

Qanun

A novidade da programação virtual do Ônibus da Cultura é a música árabe. Em suas redes sociais, o projeto disponibilizou uma gravação feita pela orquestra feminina Ladies Ensemble, que interpreta o tema árabe-andaluz “Magaya”, com destaque para solista Myria Tokmaji, refugiada síria radicada em Curitiba, que toca o Qanun, instrumento de cordas que é considerado um dos mais antigos do mundo.

A performance foi gravada com cada integrante tocando de sua própria casa. O vídeo pode ser assistido gratuitamente no Instagram e Facebook do Ônibus da Cultura e no canal do YouTube do Solar do Rosário.


Crédito: Reprodução/https://www.eveferretti.com/

Ilustração da escritora e desenhista, Eve Ferretti, que participará do evento no dia 31.

Trilhas Literárias

O Projeto Trilhas Literárias promove nas próximas sextas-feiras (24 e 31), às 15h, um bate-papo on-line com escritores, pela sua fanpage. No dia 24, a conversa será com José Roberto Torero, vencedor do Prêmio Jabuti de 1995, por “O Chalaça”, e o roteirista Marcus Aurelius Pimenta. No dia 31, é a vez de Eve Ferretti, a ilustradora, desenhista e escritora curitibana, que criou a personagem Célia Celíaca, para falar sobre a doença.
O Trilhas Literárias é um projeto criado em Pinhais, região da Grande Curitiba, que busca incentivar a leitura por meio da difusão de informações literárias, contação de histórias, mediação de leituras, vídeos de escritores regionais e, agora, terá encontros ao vivo com escritores reconhecidos nacional e internacionalmente.
Agende-se:
Na quarta-feira, 22, às 19h30, a jornalista e especialista em Oratória, Adriane Werner, ministra aula gratuita sobre “Comunicação: uma habilidade essencial para o sucesso profissional”. A organização é do Centro Universitário Claretiano. O link para inscrição é: https://claretia.no/PtljS.


Crédito: Divulgação/Bianca Lima

Atriz Bianca Lima apresenta o espetáculo em formato teatral Lambe-Lambe 

Teatro Lambe-Lambe no whatsapp

Nestes tempos de pandemia, os artistas precisam ser muito criativos. A atriz Bianca Lima criou uma peça para ser apresentada por whatsapp.
O espetáculo “Candeeiro de Irineu” é no formato teatro Lambe-Lambe, também conhecido como Teatro de Miniaturas, com a manipulação de bonecos para um espectador por vez.
Para assistir, é necessário fazer um agendamento prévio direto com Bianca, pelo telefone (41) 99690-4435. Ao fim da apresentação, ela passa um “chapéu virtual”, ou seja, um convite para um depósito voluntário diretamente em sua conta bancária.


Crédito: Pixabay

O humor nosso de cada dia

O que era para ser oito semanas já está chegando a 20 semanas. A gente tenta mas, não é nada fácil manter o bom humor durante a quarentena, com tantas incertezas e aflições. Para falar sobre esse tema, conversamos com a psicóloga Flávia Teixeira, mestre em Saúde Coletiva e professora de pós-graduação em Psicologia Hospitalar na UFRJ, que orienta sobre como lidar com esse estado emocional. Confira as dicas:
1. Não tome decisões de cabeça quente
Boas decisões são aquelas que foram construídas levando em conta os prós e contras de cada cenário. Geralmente, elas são maduras, ou seja, vão se confirmando ao longo do tempo. Apesar de boas escolhas não serem garantia de sucesso, as impulsivas tendem a ser ruins e gerar arrependimento. Portanto, evite tomar decisões quando o lado racional não estiver no seu melhor modo.
2. Repense seus julgamentos
Nos dias em que não estamos bem, há uma inclinação a ver o “copo meio vazio” ou olhar o mundo com lentes embaçadas. Nossa percepção é muito influenciada pelo estado emocional do momento. O mau humor é capaz de fazer com que seus julgamentos sejam mais duros com você mesmo e com os outros. Aliás, não se julgue. Procure entrar em contato com o que está lhe causando esse estado de incômodo ou irritação. Se puder, deixe para fazer uma nova avaliação quando estiver em um dia melhor.
3. Não consegue se segurar? Fortaleça o isolamento
Em momentos de mau humor, tendemos a ficar com o “pavio curto”. Por isso, pense três vezes antes de emitir opiniões, principalmente se forem resposta a algo que você não gostou ou discorda. Se o mau humor estiver tão forte a ponto de sequer conseguir disfarçar, saia de cena, se dê um tempo e retorne o contato com as pessoas quando estiver mais tranquilo.
Para conferir as outras dicas, acesse a editoria Saúde em www.curitibadegraca.com.br


Crédito: Shutterstock / Stillfx

Dia da Caridade: Conheça dez ONGs em Curitiba para você ajudar

No último domingo, 19 de julho, foi comemorado o Dia da Caridade no Brasil. Por isso, nossa editora, Camile Triska, fez uma reportagem listando várias entidades que precisam da sua ajuda. Entre elas estão: Rango de Rua, Amiga dos Sonhos e Instituto Incanto. Confira todas as pesquisadas e detalhes sobre seu trabalho, acessando:
https://curitibadegraca.com.br/dia-da-caridade-conheca-dez-ongs-em-curitiba-para-voce-ajudar/.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK