Técnico brasileiro que estava impedido de deixar os Emirados Árabes chega ao País

O técnico Cláudio Roberto já está no Brasil e ao lado da família. Ele estava impedido de deixar os Emirados Árabes Unidos por conta de uma confusão com seu antigo empregador. Livre após um bom tempo de apreensão, ele usou as redes sociais para confirmar que já está em solo verde e amarelo e para agradecer todo o apoio que recebeu ao longo desse período.

"Quero começar agradecendo a Deus, meus familiares, amigos, autoridades brasileiras, a mídia brasileira, os políticos de bem e a comunidade do futebol que se envolveu e foi determinante para solução do meu caso. Pude contar com a solidariedade e apoio de tantas pessoas aqui no Brasil e brasileiros que vivem nos Emirados Árabes, é algo que vai ficar marcado pra sempre em meu coração", começou ele nas redes sociais.

"Finalmente ontem conseguimos a minha liberação dos Emirados Árabes para retornar ao Brasil. É importante mencionar que o desfecho foi feito baseado nas leis dos Emirados Árabes, portanto não ficou nenhuma restrição. Embarquei hoje pela manhã em Dubai e já estou em São Paulo e graças ao bom Deus a partir de amanhã estarei com minha família no Espírito Santo", seguiu Cláudio Roberto.

Tão logo conseguiu a licença A da CBF, Cláudio Roberto foi contratado pelo Sport Support Club, de Abu Dabi. Mas chegando lá, o clube queria que ele assinasse o visto de trabalho como supervisor de vendas da agência de viagens Marengo Travel Agent e não de treinador. Cláudio Roberto não aceitou e a confusão começou.

O egípcio Mahmoud Alkmash, presidente e proprietário do clube Sport Support Club, moveu uma ação contra o treinador brasileiro em que pedia R$ 113,5 mil por quebra de contrato. Impedido de sair do país - só seria liberado se chegasse a um acordo com o mandatário -, ele pediu ajuda a todos.

"Mais uma vez obrigado pelas orações, apoio e a enorme energia positiva. Quero nos próximos dias retribuir tanto apoio e carinho. Vou responder cada mensagem recebida. Grande abraço", finalizou o treinador nas redes sociais.

Cláudio tem no currículo três conquistas do Campeonato Sul-Mato-Grossense. A primeira em 2007 como um dos auxiliares de Elói Kruger no Águia Negra. Depois iniciou o trabalho como treinador principal no Jaguaré-ES, passou pelo Marcílio Dias-SC até retornar como técnico do time de Rio Brilhante, onde ficou entre 2011 e 2013, sendo campeão estadual em 2012.

Ainda em 2013 teve a primeira experiência internacional na Seleção do Sri Lanka. Em 2014 comandou o Sete de Dourados e, depois, voltou a ser campeão estadual, desta vez pelo Cene, clube atualmente afastado do futebol profissional. No último ano no Mato Grosso do Sul comandou o Corumbaense e, em 2016, voltou ao futebol da Ásia. Entre 2016 e 2018 comandou o CD Monte Carlo, depois o Zhaoqing Lixun FC, Topfung Esatlake FC, todos da China, e, por último, Al Njoom FC, da Arábia Saudita. Antes dessa última passagem, comandou o Vitória-ES no início de 2019, montando o elenco que terminou como campeão capixaba. Já em 2021, foi campeão do Campeonato Capixaba pelo Rio Branco-ES.