Publicidade
Série B

Técnico do Coritiba diz que não mandou o time recuar

Coritiba 1 x 0 Oeste
Coritiba 1 x 0 Oeste (Foto: Valquir Aureliano)

O técnico do Coritiba, Jorginho, afirmou após a vitória sobre o Oeste que não pediu para o time recuar em campo. “Em nenhum momento pedi que baixassem as linhas. Fiquei o tempo topo gritando com eles”, disse. “Tiro de meta (do adversário) era para pegar em cima, era só para eles saírem com ligação direta. Mas acabamos baixando. Foi uma coisa inconsciente da nossa equipe”, comentou. “Quando conseguimos subir as linhas, estivemos melhor”, declarou.

O treinador ressaltou, porém, que os resultados antes da partida colocaram mais pressão sobre os jogadores. Se não vencesse o Oeste, o Coxa deixaria o G4. “Há uma pressão normal que a gente alcance a pontuação para classificar. E qualquer erro pode ser fatal. Entramos com a responsabilidade de ganhar para ficar com 3ª colocação”, explicou.

Mesmo assim, lamentou a falta de controle tático da partida. “No jogo de hoje faltou verdadeiramente o controle do jogo. A gente precisava do controle. A equipe do Oeste conta com muita qualidade individual, mas com alguma desorganização tática, coletiva”, ressaltou.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES