Publicidade
Série B

Técnico do Coritiba muda o time e aposta em volante ofensivo

"Simi\u00e3o: escolhido para o lugar de Vitor Carvalho"
"Simi\u00e3o: escolhido para o lugar de Vitor Carvalho" (Foto: Divulgação/Coritiba)

O técnico do Coritiba, Eduardo Baptista, confirmou a escalação para enfrentar o Boa Esporte, neste sábado (dia 19), em Varginha (MG), pela Série B. Após o treino dessa quinta-feira (dia 17), afirmou que escolheu o volante Wellington Simião, 31 anos, para substituir Vitor Carvalho, 20 anos, lesionado. No início da semana, o treinador testou João Paulo, 33 anos, nessa função.

A escolha por Simião, segundo Baptista, foi pelas características de jogo mais ofensivas, ou mais “agressivas”, como preferem dizer os técnicos. “Perdemos o Vitor, uma perda significativa. Dentro do elenco temos o Simião e o João Paulo. Durante a semana, até pela característica, o Simião chega mais à frente, ser mais agressivo, ganha essa condição de titular”, disse o técnico. “Ele (Simião) é um jogador experiente, importante. Chegou aqui e a própria equipe não teve um encaixe, temos que ser justos. Os jogadores ficaram reféns de um mau momento. O meu papel é dar oportunidade. O que passou, passou. Ele nos convenceu que era a pessoa para substituir o Vitor e tem toda a nossa confiança”, comentou.

Simião chegou ao Coritiba no início de 2018. Foi titular nas duas primeiras partidas do Paranaense e, em seguida, perdeu espaço. Só voltou a começar jogando em março, na derrota por 3 a 1 para o Foz, quando o então técnico Sandro Forner poupou os principais titulares. Na Série B, só atuou por 23 minutos, na derrota por 2 a 0 para o Sampaio Corrêa.

Outra alteração na equipe, já testada desde o início da semana, é a entrada do ponta Guilherme Parede no lugar de Jean Carlos. O esquema tático 4-2-3-1 será mantido, com Yan Sasse como meia centralizado. Pablo e Parede jogam pelos lados do campo. 

Baptista segue sem contar com o lateral-esquerdo Abner, em recuperação. Com isso, o ponta Chiquinho continuará improvisado na lateral-esquerda. 

A escalação para sábado é Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e Chiquinho; Simião, Júlio Rusch, Guilherme Parede, Yan Sasse e Pablo; Bruno Moraes.

Na entrevista coletiva dessa quinta-feira, Baptista também falou sobre a opção por Parede, que é o artilheiro do Coritiba em 2018, com quatro gols em 20 jogos. “Um setor que oscila demais, principalmente as beiradas. São jogadores de intensidade e você tem que escolher aquele que vive o melhor momento. Vai ser assim com o Pablo, a gente mantém. O Parede entrou bem em alguns jogos e vamos dar a ele a oportunidade de iniciar. Em breve quero mexer o menos possível nessa equipe. O Bruno (Moraes) continua como titular, confiamos bastante nele”, afirmou.

A novidade no banco será o centroavante Alecsandro, que ficou um mês em trabalho específico de fortalecimento. “O Alecsandro está em boas condições. Para ele iniciar uma partida ainda é muito cedo, mas ele se muito proativo em nos ajudar. Tive uma conversa com ele quando cheguei, e ele se colocou à disposição. Ele teve tempo para treinar e vem forte. É uma briga. E aí quem vai se escalar são os jogadores, com rendimento e o trabalho no dia a dia”, disse Eduardo Baptista.

Além de Vitor Carvalho e Abner, seguem em recuperação o lateral Carlos César e o volante Vinícius Kiss.

OS 20 CONVOCADOS
Pelo Coritiba para o jogo em Varginha 
Goleiros: Wilson e Rafael Martins 
Zagueiros: Alex Alves, Geovane, Thalisson Kelven 
Laterais: Henrique Gelain, Leandro Silva
Volantes: João Paulo, Julio Rusch, Simião
Meias: Alisson Farias, Jean Carlos, Kady, Yan Sasse 
Pontas: Guilherme Parede, Chiquinho, Pablo
Centroavantes: Alecsandro, Rafhael Lucas, Bruno Moraes

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES