Publicidade
Série B

Técnico do Paraná fala em ‘resultado justo’ e executivo reclama da arbitragem

Sciola (ao fundo): elogiado pelo treinador
Sciola (ao fundo): elogiado pelo treinador (Foto: Reinaldo Reginato)

O executivo de futebol do Paraná Clube, Alex Brasil, concedeu entrevista coletiva nesse sábado (dia 14) à noite, após o empate com o Cuiabá, na Vila Capanema. O principal assunto foi a arbitragem. “Não é a primeira vez que isso acontece. Já houve caso semelhante. Só quero dizer ao nosso torcedor que estamos entrando com representação na comissão de arbitragem”, disse ele, citando o “despreparo das coisas que acontecem no futebol”. “Não vamos mais admitir isso. Lamentável o que aconteceu aqui”, afirmou Brasil.

Sobre o desempenho da equipe, Alex Brasil fez comentários positivos. “O futebol do Paraná vem evoluindo. Os resultados virão com a melhoria do nosso jogo”, disse.

O técnico Matheus Costa afirmou em entrevista coletiva que o empate foi um resultado justo. “As duas equipes lutaram, brigaram. Foi um jogo muito equilibrado. Um resultado justo”, declarou.

Em relação ao desempenho, o treinador lamentou os desfalques de última hora. “O torcedor hoje nos apoiou do início ao fim do jogo, mas temos que analisar o contexto da semana. Talvez isso possa ter contribuído. Trabalhamos uma equipe, mas na quinta-feira o Sueliton sentiu desconforto muscular. O Sciola não treinou segunda, terça e quarta, em virtude de lesão muscular. Na sexta de manhã fui informado que o Sueliton não poderia atuar. Na sexta teve a entrada do Sciola. E o Vitinho sentiu hoje no aquecimento. Tivemos duas mexidas. Mas temos que enaltecer os que entraram. Sciola foi um guerreiro”, analisou. “O segundo tempo, com as alterações, com jogadores que ainda não tem condições para um jogo de 100 minutos, ficamos mais agudos”, comentou.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES