Publicidade
Serviços essenciais

Templos e igrejas podem abrir, mas só para atendimento individual, diz governo do PR

Segundo governo, apesar de autorização para abertura, igrejas e templos devem priorizar meios virtuais
Segundo governo, apesar de autorização para abertura, igrejas e templos devem priorizar meios virtuais (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O governo do Estado anunciou hoje uma atualização do decreto baixado na segunda-feira (30), que inclui templos religiosos e igrejas entre as atividades essenciais que podem continuar funcionando durante o período de isolamento social motivado pela pandemia do coronavírus. No novo texto, o governo esclarece que atividades religiosas de qualquer natureza estão permitidas, mas desde que sejam realizadas por meio de aconselhamento individual, a fim de evitar aglomerações.

Ainda segundo o governo, a medida não restringe a abertura de igrejas e templos, mas recomenda a adoção de meios virtuais nos casos de reunião coletiva. Os atos religiosos, determina o decreto, devem seguir as orientações da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde.

Leia mais no blog Política em Debate

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES