Tempo

Temporais devem marcar última semana do ano em Curitiba e no Litoral do Paraná

(Foto: Daniel Castellano / SMCS)

O domingo (27)  será de grande parte do dia com sol e forte calor na maioria das regiões paranaenses. A partir da tarde, no entanto, esse aquecimento contribui para o aumento da instabilidade, ou seja, os temporais voltam à rotina. Segundo o Instituto Simepar,  entre o norte, Campos Gerais e o leste, Grande Curitiba e Litoral, há maior potencial para chuvas entre a tarde e noite, que podem ser fortes em alguns pontos. Nas demais regiões, as condição para chuvas é bem baixa.

Segundo o Simepar, de domingo (26) a quarta (30), os dias em Curitiba e no Litoral começarão com calor e durante o fim da tarde e de noite, forte possibilidade de pancadas de chuva.  Neste domingo (27), as temperaturas devem variar de 17 a 26 graus na capital paranaense. Na segunda (28), a mínima prevista é de 17 graus e a máxima, 25 graus, enquanto na terça (29) as temperaturas vão variar entre  17 e 29. Na quarta (30), a máxima chegará a 31 graus em Curitiba. 

No Litoral do Paraná, a previsão é a mesma e na quarta (30), a temperatura pode chegar a 34 graus.

O Instituto Somar, que faz previsões a longo prazo, prevê que 2020 termina com possibilidade de temporais no dia 31 e 2021 deve ser chuvoso tanto na capital quanto nas praias do Estado. 

Ciclone

Um aviso da Marinha do Brasil alerta para a possível formação do ciclone subtropical no Litoral da Região Sul do País, incluindo o Paraná, entre a noite deste sábado (26) e a noite de domingo (27).  Porém, segundo meteorologistas do Climatempo e da Simepar, o ciclone só afetará o alto-mar, longe do Litoral   "O sistema não deve trazer situações de perigo de ventania ou chuva intensa para o litoral da Região Sul. Sua formação está sendo esperada para águas oceânicas afastadas do continente, devendo ter algum impacto apenas para navegação em alto mar. Além disso, a baixa a pressão atmosférica associada com este possível ciclone subtropical é um sistema de pouca intensidade, segundo as projeções mais recentes dos modelos de previsão numérica americano (GFS) e europeu (ECMWF)"