Publicidade
Carreira & Cia.

Terapia online é uma tendência entre empresas durante a quarentena

Ana de Carvalho Pacheco é psicóloga clínica e mestre em psicologia forense
Ana de Carvalho Pacheco é psicóloga clínica e mestre em psicologia forense (Foto: Divulgação)

Aumento exponencial de casos de ansiedade e depressão é um dos desafios que vem impactando produtividade no home office. Os números impressionam. Durante a pandemia no Brasil, os casos de ansiedade dobraram e de depressão aumentaram 90%, segundo estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio (Uerj) publicado online pela revista científica The Lancet.

Terceira causa de afastamento nas empresas
Problemas psicológicos, já evidentes no país antes do isolamento social, são a terceira causa de afastamento nas empresas. Agora, intensificados durante a quarentena, gestores têm o duplo desafio de manter o bem estar de funcionários e a produtividade no trabalho remoto. Mas como? A psicóloga, editora e palestrante Ana Carolina de Carvalho Pacheco, aposta que o momento delicado da pandemia é ideal para que empresas invistam em terapia para seus funcionários.

Investimento em vitalidade psíquica dá retorno
A publicação científica "The Lancet Psychiatry" comprova que a cada um dólar investido em programas de vitalidade psíquica, o retorno é de quatro dólares, na capacitação e desempenho dos trabalhadores. O formato mais indicado é a terapia em grupo, que se mostra uma tendência em meio ao isolamento social. Além de ser uma alternativa mais econômica, Ana Carolina afirma que na maioria dos casos traz resultados mais rápidos que os atendimentos individuais. E durante a quarentena, com a ajuda da tecnologia, pode ser realizada de forma online.

No grupo, os resultados são mais rápidos
“Na terapia em grupo pode-se perceber um novo viés sobre uma situação comum pelo olhar do outro e os feedbacks são mais diversos, não apenas do psicólogo. No caso das empresas ainda existe a possibilidade de conhecer melhor este outro participante - que pode ser seu colega, supervisor, estagiário - suas ideias, percepções. Envolve por vezes partes da vida pessoal de cada um e isso gera empatia entre participantes de uma equipe, bem como, abertura de consciência para novos olhares sobre um tema. Durante o isolamento é ainda mais importante promover essa interação entre as pessoas e por isso a terapia em grupo é uma ótima alternativa”, explica a especialista.

Cada um tem a sua realidade e percepção
Também de acordo com a psicóloga, apesar de todos estarem experimentando uma situação nova, com medos, inseguranças e isolamento social, cada um tem sua realidade e percepção, vinculada às experiências individuais. Ana Carolina afirma que quando pessoas que trabalham na mesma empresa compartilham dessas situações, isso traz proximidade e sentimento de pertencimento – a chamada consciência de grupo.

Empresa teve aumento no faturamento
Foi o que aconteceu em uma empresa de confecção de roupas, em que a proprietária promoveu a terapia em grupo com os diretores de cada setor. “Nessa experiência, o método de tema foi livre, porém o que mais surgiu em comum foi a insegurança em relação ao desempenho e em relação à avaliação do outro. Desde o primeiro encontro as melhoras foram significativas. O espírito de equipe foi fortalecido, a autoconfiança restabelecida, a comunicação teve uma melhora impressionante, mais direta e funcional. Tudo isso refletiu nas equipes de cada gestor e refletindo no faturamento da empresa”, conta Ana Carolina.

Consciência em grupo favorece o crescimento das pessoas
A psicóloga explica que isso é comum de acontecer na terapia em grupo, pois acontece a percepção de um novo ponto de vista sobre algum tema ou questão da instituição, de si ou do conjunto. Depois que os colaboradores partilharem seus anseios, sentem-se aliviados e mais felizes. “A participação como locutor em meus grupos terapêuticos é espontânea, pois mesmo quem só ouve sai beneficiado. Muitas pessoas dizem que foram para o grupo com a ideia fixa de não falar e, diante do envolvimento do grupo, têm participação muito ativa na terapia. É comprovado que consciência em grupo favorece o crescimento dos indivíduos”.

Comunicação melhora em tempos de home office
Para uma instituição, informação e boa comunicação são de extrema importância e estes aspectos são desenvolvidos durante a aplicação da terapia de grupo. “A empresa, ao optar por investir em seus colaboradores em meio a uma crise, tem como resultado uma maior união e colaboração entre as equipes gerando reflexo positivo no clima da empresa e em sua produtividade, evolução pessoal dos colaboradores e, consequentemente da instituição”, finaliza. Mais informações: E-mail: anacarolina@jurua.com.br | WhatsApp: (41) 99183-3750.


CURTAS:

* O SETCEPAR realizará na próxima sexta-feira (19), das 8h às 12h, o curso online “Impactar ou ser impactado. O que eu preciso saber sobre VENDAS agora?”. Gratuito para os associados, o workshop será ministrado por Alessandro Lunardon, Consultor em Gestão Estratégica de Venda e especialista em Marketing e Vendas. O curso tem como objetivo desenvolver novas competências junto aos profissionais, acelerando a retomada dos negócios no cenário atual. O encontro abordará o seguinte conteúdo programático: Novo cenário e o ambiente de negócios nos Transportes; A adaptação contínua; As Novas Habilidades dos Profissionais de Vendas; Inovação e Criatividade para Superar a Crise e o Pós Crise; As Empresas Precisam Focar suas Energias em Vendas; Como Acelerar as Vendas em Transportes; Método de Vendas para os Momentos de Crise; Os meios e tecnologias para interagir com os clientes; e as Principais Objeções Impostas pela Crise. Mais informações e inscrições em (41) 3014-5151 ou através do email treinamento@setcepar.com.br.

* PUCPR instala totem inteligente de controle voltado ao combate à Covid-19.  Dispositivo utiliza reconhecimento facial e faz a verificação do uso de máscara e análise da temperatura de quem entra na Universidade.Com o objetivo de proteger estudantes, professores e colaboradores e ajudar no combate à propagação do novo coronavírus, a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) instalou, no Bloco Azul da Universidade, um totem de controle. O dispositivo, que utiliza mecanismo de reconhecimento facial, faz a verificação do uso de máscara e análise da temperatura das pessoas que entram na instituição. 

* Nesta terça-feira, 16 de junho, a partir das 17h, o Instituto dos Advogados do Paraná - IAP realiza debate sobre o direito da insolvência em tempos de pandemia. O encontro integra a série COVID-19 – Reflexos Legais e será mediado pelo presidente do Instituto Prof. Assis Gonçalves de Direito Empresarial e Cooperativo, Luiz Daniel Haj Mussi, e pela conselheira do IAP, Adriana D'Ávila Oliveira. Para discutir a questão, o encontro contará com a participação dos professores Uinie Caminha, Francisco Satiro e Luis Felipe Spinelli. A transmissão ao vivo pelo canal do no IAP no YouTube (https://bit.ly/2Xt36l).

Rede Mabu anuncia retomada com novidades. A Rede Mabu de Hotéis e Resorts que, há quase 50 anos preza pela qualidade de seus serviços, segurança e experiência de seus hóspedes, reabriu o Mabu Curitiba Business - localizado no coração da capital paranaense e em Foz do Iguaçu, o Mabu Thermas Grand Resort volta às atividades no dia 1º de Julho. “Pensamos em tudo com muita atenção, cuidado e responsabilidade para garantir a segurança, conforto e diversão de nossos hóspedes. Fizemos algumas adaptações, intensificamos ações e buscamos as melhores estratégias e práticas, seguindo sempre o direcionamento da OMS (Organização Mundial de Saúde), os decretos e orientações dos Governos Federal, Estadual e Municipal”, pontua Wellington Estruquel, CEO da Rede Mabu.


FRASE:

“Democracia é a forma de governo em que o povo imagina estar no poder.”

(Carlos Drummond de Andrade)


Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES