Toffoli: será que o problema do País é o Judiciário ou a cultura do litígio?

Em palestra no evento Estadão Summit Brasil, o presidente do Supremo Tribunal Federal (SFT), ministro Dias Toffoli, fez nesta quarta-feira, 30, um breve histórico do STF e discutiu o papel da instituição. Segundo ele, o papel do STF no Brasil é de "moderador" de conflitos da federação. Toffoli ressaltou que a demanda, ou carga, que a sociedade coloca no Judiciário, sem o devido reconhecimento, é incomparável com o restante do mundo.

"Quando tudo vai parar no Judiciário é porque as organizações que tem que resolver conflito não estão funcionando", disse. "Será que o problema do País é o judiciário ou a cultura do litígio?"

O presidente do STF afirmou também que o tempo da Justiça não é o mesmo tempo de outras organizações. "Se tudo vai parar no Judiciário, não teremos o tempo do mercado, não teremos o tempo da política", afirmou. Toffoli defendeu ainda a ideia de que o Judiciário deveria ser usado como última solução.