Publicidade
Itaipu

Torneio de Arremesso de Celular chega à 12ª edição em Foz neste domingo

(Foto: Adenésio Zanella / Itaipu Binacional (arquivo))

Este domingo (22) será de cidadania e conscientização ambiental no Gramadão da Vila A de Itaopu com a 12ª edição do Torneio Sul-Americano de Arremesso de Celular. Já parte da programação de eventos de Foz do Iguaçu, o torneio é organizado pela primeira vez pela Itaipu Binacional e marca, em 2019, as comemorações dos 45 anos da Segurança Empresarial da usina. Além de Itaipu, mais de 40 instituições são parceiras do evento.

O Arremesso de Celular é uma confraternização voltada para toda a família. “Este ano, a Itaipu fez questão de assumir a organização do evento por causa de todos os aspectos envolvidos: o ambiental, o social, e, principalmente, o da solidariedade, diz o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, que participará tanto do arremesso quanto da cerimônia de premiação. É a primeira vez que um diretor-geral brasileiro da usina participa do evento.

“Todo mundo ganha; centenas de famílias são beneficiadas pelo resultado da arrecadação dos alimentos doados pelos parceiros e inscritos”, reforça Silva e Luna. As principais características do campeonato estão baseadas nos vieses ambiental e social. A primeira delas por meio do recolhimento e a conscientização sobre o descarte correto do lixo eletrônico.

Desde 2008, quando o torneio foi criado, foram recolhidas mais de 33 toneladas de resíduos eletrônicos – como monitores, notebooks, computadores de mesa, celulares, entre outros, que foram encaminhadas para reciclagem.

A outras se refere à arrecadação de alimentos repassados pelas empresas parceiras e do ato da inscrição de participação dos arremessos (é preciso doar 2 kg de alimentos não perecíveis). Para essa edição, já estão previstas 12,5 toneladas procedentes de mais de 20 empresas, comida que irá beneficiar 24 entidades assistenciais da região. Se confirmado o repasse, serão, ao longo destes 12 anos de torneio de arremesso de celular, 67 toneladas de alimentos.

“Estas duas características são próprias de nossa versão do torneio de arremesso de celular”, explica Gabriel Antônio de Campos Neto, da Divisão de Segurança da Central da Itaipu, o idealizador e um dos organizadores do evento. O torneio propriamente dito é inspirado em um campeonato que acontece desde 2000, na Finlândia. Lá no país escandinavo, entretanto, o evento não tem os viés social e ambiental. “Foram adaptações que fizemos para a nossa realidade”.

Segundo Gabriel, este formato criado em Foz do Iguaçu agora inspira outras versões no País. Em Toledo, a 153 km do município, acontece o 1º Torneio de Arremesso de celular, no próximo dia 13 de outubro, no Parque do Povo. Também em Chapadão do Sul (MS), o torneio acontece desde 2017, e, uma exposição agropecuária e industrial. Nas duas cidades, assim como em Foz do Iguaçu, existe a arrecadação de alimentos e o recolhimento do lixo eletrônico.

Premiação

Para os competidores, os prêmios serão divididos em três categorias (infantil, juvenil e adulto), do primeiro ao terceiro colocados, no masculino e no feminino. Ao todo, serão 18 contemplados. Os melhores colocados vão receber: smartphone Xiaomi MI 8 lite 64 GB 4 GB RAM (1º lugar em cada categoria); leitor de livros digital Kindle 10ª geração 8GB (2º lugar); e relógio Smart Watch Xiaomi Amazfit BIB (3º lugar). A cerimônia de premiação está prevista para as 16h30.

Programação para toda a família

Paralelamente aos eventos, no dia haverá uma série de serviços com uma programação extensa para o público, como orientações e exames de saúde, apresentação de adestramento de cães, exposição de carros antigos e de um blindado do Exército, além de atividades para crianças. O destaque será a 10ª edição do Mutirão de Resíduos Eletrônicos, com posto para coleta do chamado lixo eletrônico. Não serão recebidos toners, pilhas e lâmpadas. O objetivo do mutirão é conscientizar a população sobre a destinação correta do lixo eletrônico.

Passeio Ciclístico

A concentração para o 7º Passeio Ciclístico Solidário será às 7h, no Gramadão da Vila A, com largada prevista para as 8h. O percurso de 14 quilômetros será entre o Gramadão e a Barreira de Controle de Itaipu, com participação livre para todas as idades. Já o percurso de 30 quilômetros será do Gramadão até o Mirante Central de Itaipu e, de lá, retorno até o Gramadão. Poderão participar ciclistas a partir de 12 anos e, para este percurso, é obrigatória a inscrição prévia (basta preencher o formulário neste link: http://abre.ai/circuitodeciclismoitaipu).

Nos dois percursos, os participantes deverão usar luva e capacete. 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES