TRE-PR cassa prefeito e vice por distribuição de cestas básicas

O prefeito e o vice-prefeito de Turvo, Antonio Marcos Seguro e Carlos Schneider, foram cassados nesta terça-feira (5) pelo (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), acusados de promoverem distribuição gratuita de bens através de cestas básicas para a comunidade indígena com recursos da administração pública, configurando crime de abuso do poder de autoridade e conduta vedada aos agentes públicos.

Na decisão tomada nesta terça-feira, o TRE determinou a inelegibilidade e aplicou multa aos dois políticos. A condenação confirmou decisão tomada no final de julho deste ano, quando Marcos Seguro e Carlos Schneider foram cassados por unanimidade pelo TRE por compra de votos e abuso do poder econômico.

Os dois políticos possuem três dias para apresentar recurso. Por meio de sua conta no Facebook, Marcos Seguro informou que aceita a decisão da justiça eleitoral, mas que não compreende como uma escolha democrática (no caso as eleições) não é respeitada. Temos a possibilidade de medidas cautelares e liminar ate a ultima instância no TSE, pois não descansarei enquanto não provar a verdade, que e uma só, obrigado a todos pela força e pelas orações, finalizou Seguro.