Publicidade
Curitiba e SC

Trecho da BR-116 completa 39 dias sem acidentes com mortes

O trecho da BR-116 de Curitiba e Santa Catarina, completou no último sábado, 39 dias sem óbitos nos 412,7 quilômetros de extensão, trecho que vai de Curitiba, até Capão Alto, na divisa com o Rio Grande do Sul. O primeiro recorde ocorreu em julho de 2017, quando esse trecho da BR-116 ficou 48 dias sem óbitos.
Houve redução também no período de janeiro a novembro de 2019, se comparado ao mesmo período do ano anterior — 34 óbitos em 2018, e 25 em 2019 — redução de 26,5%.

“O tráfego da rodovia aumentou em 2019, cerca de 4,5% em relação a 2018, é visível que temos mais veículos circulando, e mesmo assim estamos conseguindo reduzir os índices de acidentes e óbitos na BR-116”, destacou Cesar Sass, diretor de Operações da Arteris, na região Sul.
Esse resultado é fruto de um conjunto de ações que a concessionária realiza, que vão desde obras de engenharia, implantação de sinalização, melhoria no pavimento, e campanhas de segurança viária realizadas em parceria com a Polícia Rodoviária Federal.
Uma dessas campanhas é o Serra Segura, que só em 2019 já foram 52 edições. Durante esse ano foram mais de 3.600 veículos fiscalizados somente no trecho concedido à Planalto Sul.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES