Publicidade
Temporal

Três dias depois de ciclone bomba, quase 80 mil imóveis estão sem luz no Paraná

(Foto: Divulgação/Copel)

Cerca de 79 mil unidades consumidoras continuam sem energia elétrica na manhã desta sexta-feira (3) no Paraná, segundo informações da Companhia Paranaense de Energia (Copel). A destruição na rede foi provocada pelo ciclone bomba que atingiu várias cidades do Sul do Brasil na última terça-feira (30).

A Região Metropolitana de Curitiba e o Litoral foram as regiões mais afetadas, segundo a Copel.

Na última quinta-feira (2), o gerente de Departamento de Manutenção na Copel Distribuição, Rafael Eichelberger, afirmou para a TV Globo que algumas casas podem ficar até uma semana sem energia, por causa da complexidade das obras de reparo.

Segunda a Copel, este foi o pior evento climático da história da companhia. No total, mais de 1,8 milhão de unidades chegaram a ficar sem energia em algum momento da terça-feira (dia 30), o equivalente a 40% de todo o estado.

Municípios com maior número de unidades sem luz:
São José dos Pinhais - 5,2 mil
Quitandinha - 4,8 mil
Mandirituba - 3,6 mil
Guaraqueçaba - 3,5 mil
Morretes - 3,2 mil
Paranaguá - 2,8 mil
Lapa - 2,1 mil
Curitiba - 1,8 mil
Colombo - 1,6 mil

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES