Publicidade
Xadrez

Três suspeitos de participar do golpe da pirâmide financeira na Grande Curitiba se entregam à polícia

(Foto: Polícia Civil)

Três homens, suspeitos de participar da quadrilha que aplicava o golpe da pirâmide financeira, em Curitiba, se entregaram à polícia na manhã desta sexta (18). Eles estavam foragidos. O golpe levantou mais de R$ 30 milhões.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu na quarta (16) seis pessoas envolvidas com crime de pirâmide financeira, na manhã dequarta-feira (16), em Curitiba e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Conforme apurado, o grupo criminoso teria adquirido mais de R$ 30 milhões com os golpes.  Onze mandados de busca e apreensão foram cumpridos em endereços relacionados aos criminosos. Durante as buscas a PCPR apreendeu dois veículos BMW, diversos relógios de luxo, dois revólveres e várias munições. As armas estavam em posse do segurança de uma casa de jogos, localizada em São José dos Pinhais e que é de propriedade de um dos investigados.

De acordo com as investigações, o grupo recrutava pessoas para fazer investimentos na empresa com a promessa de que geraria um retorno financeiro de 30% sob o capital destinado no curto período de três meses. Os suspeitos ofereciam investimentos na bolsa de valores, mas nenhum deles era credenciado junto à Comissão de Valores Mobiliários para oferecer o serviço legalmente.

LEIA MAIS NO BLOG PLANTÂO DE POLÌCIA

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES