Publicidade

Trump afirma que encerrou a 'guerra contra indústria da energia americana'

Em discurso para uma plateia composta por trabalhadores da área de petróleo e gás, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que seu governo "encerrou a guerra contra a energia americana", referindo-se aos esforços de sua administração em derrubar regulações que impediam projetos de expansão de gasodutos e oleodutos pelo país.

"Prometi que, como presidente, liberaria energia americana como nunca antes", disse Trump no início de seu discurso de encerramento do segundo dia da Conferência Anual sobre xisto, em Pittsburgh. "Hoje, tenho orgulho de declarar que cumpri todas as promessas que fiz nesta conferência há três anos e muito mais", afirmou.

Trump falou pela última vez na conferência em 2016, quando estava concorrendo à presidência. Na ocasião, ele prometeu reverter as excessivas regulações do setor para acelerar as licenças ambientais e dar as boas-vindas à construção de mais gasodutos.

Trump exaltou os feitos de seu governo na área energética, criando empregos e levando os EUA para o caminho da autossuficiência energética. "Pela primeira vez em 60 anos vamos explorar o gás natural e não importar", afirmou ele no discurso desta quarta-feira, aplaudido por uma plateia de apoiadores.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES