Trump volta a questionar processo eleitoral nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a colocar em dúvida o processo eleitoral no país e disse que é preciso "ter muito cuidado" com a votação por correio que marcará o pleito presidencial em 3 de novembro, devido à pandemia de covid-19. "Não tenho certeza se a eleição pode ser honesta", declarou Trump a repórteres, antes de deixar a Casa Branca, nesta quinta-feira, para eventos de campanha na Carolina do Norte.

Ontem, em coletiva de imprensa, Trump não se comprometeu com uma transição pacífica de poder, caso perca a eleição para o democrata Joe Biden. No entanto, o líder do partido Republicano no Senado, Mitch McConnell, escreveu em sua conta oficial no Twitter que o vencedor "tomará posse em 20 de janeiro" com uma transição "ordeira".

Aos repórteres, nesta tarde, Trump também citou as negociações para a permanência do aplicativo chinês TikTok nos Estados Unidos e disse que a questão de segurança será o "fator dominante" para sua decisão.