Publicidade
Coluna do Fiani

Últimos dias da Pedreira

(Foto: Divulgação)

A campanha PEDREIRA DO BEM, que acontece na Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, já arrecadou mais de 26 toneladas de alimentos não-perecíveis. O projeto já beneficiou 63 instituições cadastradas pela Fundação de Ação Social de Curitiba, a FAS, e Instituto GRPCOM e será finalizado no dia 24 de maio. Assim, a população de Curitiba terá até o próximo domingo para contribuir. O projeto Pedreira do Bem transformou o palco da Pedreira Paulo Leminski em um grande ponto oficial de arrecadação de doações. E para participar dessa corrente do bem, o curitibano não precisa nem descer do carro. Para isso, foi montada uma estrutura em frente ao palco da Pedreira, famoso por receber grandes nomes do cenário nacional e internacional. Os doadores entram com o carro e deixam os itens numa mesa. Tudo pensado para que não haja contato físico

Serviço
Acesso pelo portão principal (Portão 01) da Pedreira Paulo Leminski – Rua João Gava, 970 – Abranches - Horário de atendimento: de terça a domingo das 10h às 18h. Até dia 24 de maio.
Maiores informações: www.parquedaspedreiras.com.br


Dona Jacira

#CULTURAEMCASA

Dona Jacira, mãe de Emicida e Fióti, é a convidada deste sábado, 23 de maio, às 17h, na live do Intensivão #CulturaEmCasa. A live, que será uma oficina de confecção de bonecas de pano, será transmitida pela plataforma de streaming e vídeo #CulturaEmCasa, lançada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. O projeto é gerido pela Organização Social Amigos da Arte. Contadora das suas próprias memórias, Dona Jacira, trabalha com a criação artística se utilizando do bordado, que contam sobre as diásporas africanas e as musicais, patrimônio imaterial da humanidade. "Na minha infância, brincar era quase um pecado, tudo era voltado ao trabalho. A gente praticamente tinha que fugir para brincar", lembra Dona Jacira. Aos 55 anos, Dona Jacira compreendeu a importância de se reconectar com a sua criança. Passou a confeccionar então bonecas de pano em parceria com pessoas que moram no Cachoeira, bairro na Serra da Cantareira, zona norte de São Paulo. Nessa oficina, Dona Jacira estende o convite de brincadeira e reconexão a outras mulheres que também tiveram a sua infância roubada a produzirem suas próprias bonecas. O Intensivão #CulturaEmCasa - uma série de aulas e oficinas de cultura e economia criativa voltadas a diversos públicos - é transmitido diariamente às 17h. Conta com a participação de profissionais renomados do setor cultural e criativo, que compartilham conhecimento e expertise em aulas sobre os diversos ofícios nos campos da cultura e da criatividade. As lives são acessadas pelo site http://www.culturaemcasa.com.br.

Redes Sociais:
http://www.facebook.com/culturaemcasasp/
http://www.instragram.com/culturaemcasasp/
http://twitter.com/culturaemcasasp


Corrente do bem

A crise econômica ocasionada pelo novo Coronavírus (COVID-19) - que está resultando na perda de empregos, redução das jornada de trabalho e fechamento de estabelecimentos comerciais e empresas - também está mostrando que é necessário atualização e inovação para profissionais liberais e micro, pequenos e grandes empresários. Pensando neste momento o Centro Europeu - uma das principais escolas de cursos de profissão da América Latina, com mais de 30 anos de mercado - está disponibilizando gratuitamente um curso online de inovação para todo o Brasil.

"A ideia é participar desta corrente do bem que temos visto em muitos setores e ajudar profissionais e empresas a superarem essa fase difícil. Estamos disponibilizando conteúdo de qualidade para profissionais que querem fomentar novos negócios, que estejam repensando suas carreiras ou que estão retomando os seus negócios e precisam se reposicionar", afirma Ronaldo Cavalheri, CEO do Centro Europeu.
Segundo ele, neste curso o foco é ensinar como inovar e gerar oportunidades de negócios com soluções práticas e criativas em um momento que exige diferencial nos serviços prestados. "São aulas com professores premiados que irão ajudar no desenvolvimento de habilidades profissionais específicas e de aplicação imediata no seu trabalho", completa Ronaldo.

Serviço:
Rua Benjamin Lins, 999
Batel – Curitiba
(41) 3233-6669


EPIS para profissionais da saúde

Para atender a grande demanda de hospitais de Curitiba e região por Equipamentos de Proteção Individual (EPI), a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) desenvolveu aventais e toucas para a paramentação das equipes que estão na linha de frente para o tratamento da doença. Foram doadas mais de 1000 peças para os Hospitais do Grupo Marista, Universitário Cajuru e Marcelino Champagnat, em Curitiba. Para as próximas semanas, o projeto pretende produzir até 8 mil novos itens. O projeto desenvolveu o design, molde, fabricação e produção dos equipamentos. Para a criação, as peças foram criadas por professores do curso de Design da PUCPR e passaram pela aprovação de profissionais da saúde, que puderam testar a funcionalidade dos novos modelos.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES