Comorbidades

Vacinação contra a Covid: hoje é a vez das pessoas de 55 anos ou mais

Semana já teve imunização das pessoas de 57 a 59 anos com comorbidades
Semana já teve imunização das pessoas de 57 a 59 anos com comorbidades (Foto: Pedro Ribas/SMCS)

Curitiba começa hoje a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas com comorbidades de 55 anos ou mais. A vacinação também continua para gestantes, puérperas e pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos.

O atendimento acontece das 8h às 17h, nos 18 pontos de vacinação da cidade. Todos devem apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência em Curitiba e levar uma caneta.

Para facilitar o processo de vacinação e evitar filas, a Secretaria Municipal da Saúde pede que as pessoas que não são pacientes do SUS curitibano preencham antecipadamente o cadastro na plataforma Saúde Já, pelo aplicativo de celular ou pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br.

Nesta etapa, a Secretaria Municipal de Saúde atenderá quem comprovadamente tenha algum dos 22 tipos de doenças preexistentes listadas no Plano de Imunização Contra a Covic-19, do Ministério da Saúde.

Pacientes SUS Curitibano — Pessoas que têm pelo menos uma das 22 doenças da lista de comorbidades e são acompanhados pelas unidades de saúde de Curitiba não precisarão apresentar nenhum documento. Estas pessoas são avisadas pelo aplicativo Saúde Já que são elegíveis para a vacina contra a Covid-19.

Pacientes da rede privada — Declaração médica disponibilizada no portal do CRM-PR, assinada pelo médico que o/a acompanha, com a indicação da comorbidade listada pelo Ministério da Saúde para essa fase. O médico precisará declarar que o paciente está sob seus cuidados, assinalar a veracidade e autenticidade das informações descritas na declaração, sob pena de responsabilização pelo Código de Ética Médica e Código Penal.

Gestantes — Para se vacinarem, as grávidas devem apresentar carteirinha de pré-natal (SUS ou particular) ou resultado positivo de laboratório para exame de gravidez com o nome da paciente ou a declaração médica padrão disponibilizada pelo Portal do CRM para fins de vacinação de pacientes da rede particular.

Mais vacinas

O Paraná vai receber mais 244,8 mil doses de vacinas contra a Covid-19 hoje. O avião chegará no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 15h40. Logo em seguida os imunizantes serão levados para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), obedecendo a mesma logística adotada desde o início da vacinação.

São 118 mil doses do imunizante Covishield, produzido pela AstraZeneca e Fiocruz, voltadas para completar o esquema vacinal (segunda dose) do público com idade entre 65 e 69 anos, e 126.800 doses da Coronavac, da parceria entre a Sinovac e o Instituto Butantan, que serão aplicadas em pessoas com comorbidades.

Lei que determina afastamento de gestante na pandemia acaba sancionada

A Presidência da República sancionou ontem, a lei que que garante à empregada gestante o afastamento do trabalho presencial durante o período da pandemia de Covid-19, sem prejuízo do recebimento do salário. Com informações da Agência Brasil.

O projeto de lei sobre o assunto, de autoria da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC), foi aprovado pelo Congresso Nacional no dia 15 de abril.

Conforme o texto, a funcionária gestante deverá permanecer à disposição do empregador em trabalho remoto até o fim do estado de emergência em saúde pública.

As grávidas estão entre os grupos de risco e, neste momento, entre aquelas que podem tomar a vacina contra a Covid. Por reações adversas verificadas em algumas localidades, elas não podem tomar a vacina da AstraZeneca por recomendação do Ministério da Saúde.

Curitiba pode atingir 5 mil mortes pelo novo coronavírus hoje ou amanhã

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba registrou, ontem, 683 novos casos de Covid-19 e 23 mortes de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Até o momento foram contabilizadas 4.968 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia. Nesse ritmo, Curitiba chegará à marca de 5 mil mortes hoje ou amanhã.

Com os novos casos confirmados, 199.110 moradores de Curitiba testaram positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 186.512 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença. São 7.630 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Paraná — A Secretaria de Estado da Saúde divulgou ontem mais 5.065 casos confirmados e 101 mortes pela Covid-19 no Paraná. Os números são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 991.895 casos confirmados e 23.930 óbitos, também muito próximo de atingir a marca de um milhão de casos e 25 mil mortes pela doença.

Brasil — O número de casos de pessoas infectadas com o novo coronavírus subiu para 15.359.397 no País. No boletim de ontem do Ministério da Saúde foram confirmados 76.692 novos diagnósticos positivos da doença. Já o total de mortes em função da Covid-19 subiu para 428.034. Entre terça e ontem, foram acrescidas às novas estatísticas 2.494 novos óbitos. O número de pessoas que se recuperaram da Covid-19 desde o início da pandemia alcançou para 13.942.217.