Tristeza

Vândalos deixam rastro de destruição em escola municipal na Grande Curitiba. Veja fotos

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação )
(Foto: Divulgação )
(Foto: Divulgação )
Na manhã desta segunda-feira (03), professores e funcionários chegaram na Escola Municipal John Kennedy, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, para realizar a entrega de materiais a familiares dos alunos e encontraram a instituição completamente vandalizada.
Além da tentativa de incêndio no local, foram destruídos os espaços da direção, Secretaria, coordenação, sala dos professores, salas de aulas e o pátio. Livros foram espalhados pelo chão e houve a destruição de eletrônicos, entre eles, computadores e televisores. Também fizeram arrombamentos nas portas, pixação de espelhos e em fotos de profissionais da instituição. Todos os extintores foram esvaziados durante a ação criminosa. O boletim de ocorrência já foi feito e a Polícia Civil já trabalha no caso.
O vice-prefeito e secretário Municipal de Educação, Professor Alcione, esteve no local e lamentou: “Estamos perplexos com essa situação. Já atravessamos um momento delicado pela perda de vidas para a Covid-19 e chegar aqui e ver tudo isso é muito triste. Tomaremos as medidas para solucionar essa situação e com as imagens das câmeras de segurança vamos tentar identificar quem cometeu esse crime. Contamos também com apoio da população para informações que levem até os culpados”.
De acordo com a diretora, Maria Tereza ainda não é possível mensurar os prejuízos neste momento: "Estamos em choque, chegamos para trabalhar e nos deparamos com uma cena de horror. Além da invasão destruíram os livros e materiais dos nossos alunos".