Mata-mata

Vasco bate Tombense com um gol em cada tempo e avança à 3ª fase da Copa do Brasil

Com um gol no início de cada tempo e uma boa atuação fora de casa, o Vasco derrotou o Tombense por 2 a 1 nesta quarta-feira, no estádio Almeidão, em Tombos, e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Gabriel Pec abriu o placar e Andrey, de falta, selou o triunfo que garantiu a classificação. O time mineiro descontou com Gabriel Amorim.

O Vasco ainda não sabe quem enfrenta na sequência da Copa do Brasil. De acordo com o regulamento, os duelos serão definidos por sorteio. A terceira fase está prevista para acontecer entre os dias 2 e 9 de junho.

Com o resultado, a equipe treinada por Marcelo Cabo ampliou a invencibilidade na temporada para oito partidas, com três vitórias e cinco empates neste período. A última derrota foi para o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca, por 1 a 0. Foi também o primeiro triunfo do time cruzmaltino como visitante na temporada, quebrando um tabu de quase seis meses sem vencer longe da sua casa.

O Vasco assegurou o triunfo com dois gols no início de cada tempo. Na etapa inicial, o time cruzmaltino abriu o placar aproveitando vacilo da zaga rival, que cochilou e viu Gabriel Pec, atento, roubar a bola, driblar o goleiro e mandar para as redes aos dois minutos.

O gol fez com que o Tombense ficasse nervoso em campo e deixou o Vasco à vontade. No entanto, os visitantes não aproveitaram as chances que criaram e os anfitriões, com o tempo, se encontraram.

Mais confortável, o time de Tombos chegou perto de empatar duas vezes, ambas com Daniel Amorim. Depois, também assustou com Matheus Lopes, em cabeceio que obrigou Lucão a uma boa defesa. A equipe carioca respondeu com Léo Matos, em arremate potente de fora da área defendido pelo goleiro Felipe Garcia.

O início do segundo tempo foi semelhante ao do primeiro. O Vasco mais uma vez balançou as redes cedo, aos 4 minutos, e ficou mais tranquilo. Andrey foi o autor do gol, em cobrança de falta rasteira no canto do goleiro. No lance, o árbitro Leandro Pedro Vuaden assinalou falta, mas Cano foi derrubado dentro da área. Não fez diferença para os vascaínos, já que o gol saiu de qualquer maneira.

Com vantagem de dois gols, os visitantes iam administrando o resultado com certa tranquilidade e indicavam que não teriam dificuldade para confirmar a classificação. No entanto, o Tombense acordou a partir da segunda metade da etapa final e deixou a reta final emocionante a partir do gol de Daniel Amorim. Após cobrança de falta, o atacante antecipou a marcação e marcou de cabeça aos 37 minutos. Depois disso, o time mineiro ocupou o campo de ataque e pressionou intensamente, mas o Vasco se segurou e garantiu a vaga na próxima fase da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

TOMBENSE 1 x 2 VASCO

TOMBENSE - Felipe Garcia; David (Elivelton), Wesley, Matheus Lopes e João Paulo; Rodrigo (Rubens), Paulinho Dias, Jhemerson (Marquinhos); Everton Galdino, Daniel Amorim e Rodrigo Carioca (Caíque). Técnico: Bruno Pivetti.

VASCO - Lucão; Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza (Léo Jaba), Gabriel Pec (Bruno Gomes) e Marquinhos Gabriel (Miranda); Morato (Lucas Figueiredo) e Cano. Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS - Gabriel Pec, aos 2 minutos do primeiro tempo. Andrey, aos 4, e Daniel Amorim, aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - João Paulo, Jhemerson, (Tombense); Zeca e Marquinhos Gabriel (Vasco).

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

RENDA E PÚBLICO - Jogos com portões fechados.

LOCAL - Estádio Almeidão, em Tombos (MG).