Direto

Veja ao vivo transmissão do eclipse com `Lua de Sangue`

(Foto: Nasa)

O Brasil vai poder testemunhar nesta sexta-feira a chamada "Lua de sangue", como parte de um eclipse lunar total - o mais longo do século 21.O espetáculo, cuja fase total terá duração de uma hora e 43 minutos, também será visível da Europa, do Oriente Médio, da África, da Austrália, da maior parte da Ásia e da América do Sul. eu canal no YouTube - você pode assistir acima. Pelo horário de Brasília, o eclipse terá início às 14h14min, quando a Lua começa a entrar na sombra da Terra. O eclipse total se inicia às 16h30min, antes da Lua nascer no Brasil, e termina às 18h13min   A partir das 16h30 começa o eclipse lunar mais longo do século 21, que deve durar cerca de uma hora e 43 minutos. Em quase todo o planeta será possível acompanhar o fenômeno. Mas isso depende do local que você está. Em Curitiba, por exemplo, o nascer da lua está previsto para as 17h46, olhando para o Leste. E também é preciso contar com a sorte. A previsão para a Capital é de céu com algumas nuvens neste horário.

Mas se tudo der errado, a Nasa disponibilizou uma transmissão ao vivo, em vídeo, do fenômeno. A transmissão começa a partir das 15h15mins (horário de Brasília) e vai até as 19h15mins.


O eclipse da Lua acontece quando o Sol, Terra e Lua ficam alinhados nesta ordem. O Sol, iluminando a Terra, faz uma sombra no espaço em duas partes: a penumbra, que ainda revela raios do Sol, e a umbra que não recebe qualquer feixe de luz. “Quando a Lua, caminhando em torno da Terra, penetra totalmente na sombra escura temos o eclipse total”, a pesquisadora Josina Nascimento, do Observatório Nacional, em matéria na página da Agência Brasil.

No Brasil, em toda a parte leste do país, a Lua já vai nascer na fase total do eclipse, fase que termina às 18h13, no horário de Brasília. A partir desse horário, a Lua começa a sair da sombra mais escura da Terra [umbra], iniciando o eclipse parcial, que dura até 19h19. O fenômeno completo, que inclui a fase penumbral do eclipse, termina às 20h29. 


Se o tempo do fenômeno já carrega um grau de ineditismo, o espetáculo promete ser ainda maior pelas cores com as quais a Lua despontará no horizonte: um efeito laranja avermelhado que dá nome à Lua de Sangue, provocado durante o eclipse total.

O próximo eclipse total da Lua, contudo, não está distante. Ele deve acontecer no dia 21 de janeiro de 2019, e vai começar e terminar durante a noite.