Publicidade
Vendaval

Vendaval destruiu ou danificou 600 casas em três cidades da Grande Curitiba

(Foto: José Fernando Ogura/ANPr)

De acordo com balanço da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, as chuvas e ventos do final da tarde de sexta-feira (30) destelharam 500 residências (200 totalmente e 300 de forma parcial) em Itaperuçu e cidades vizinhas.Duas mortes foram confirmadas em Itaperuçu. A governadora Cida Borghetti foi ao velório das vítimas no sábado (1º).

A moradora Rosemary Valente dos Santos França teve a residência parcialmente destruída pelo temporal. “Eu estava com meus três filhos quando de repente tudo escureceu. Chegou um vendaval e carregou o telhado e os vidros da minha casa. Fiquei desesperada. Aqui está tudo molhado e destruído, mas graças a Deus estamos com vida”, disse. A família já foi atendida pelas equipes e conseguiu colchões secos. 

Os ventos também afetaram duas escolas, um posto de saúde, estabelecimento comerciais e um hospital de Itaperuçu. Os pacientes foram remanejados para hospitais nos municípios de Rio Branco do Sul e Almirante Tamandaré.  

Em Itaperuçu mais de 2.500 pessoas foram afetadas. “A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros estão à disposição para auxiliar rapidamente as famílias e reduzir os impactos causados pelas chuvas”, disse a governadora. “Além disso, equipes da Secretária de Estado da Saúde também estão dando ao município todo suporte necessário”, acrescentou.

Na tarde deste sábado, a Defesa Civil enviou 3 mil telhas e lonas para cobrir as casas. O órgão orienta que as pessoas prejudicadas busquem por informações e apoio junto às equipes do Estado e do município. “Foi uma catástrofe muito forte e eu agradeço muito esse auxílio do Governo do Estado, que é muito importante nessa hora de grande dificuldade”, disse o prefeito de Itaperuçu, Helio Vieira Guimarães.

Energia elétrica

Itaperuçu, Bocaiúva do Sul e a área rural de Rio Branco do Sul foram fortemente atingidas pelo vendaval que passou pelo norte da Região Metropolitana de Curitiba na noite da última sexta-feira. No total, aproximadamente 13,7 mil unidades consumidoras amanheceram no sábado sem energia nos três municípios, sendo 6,2 mil em Itaperuçu, 4,1 mil em Bocaiúva do Sul e 3,4 mil em Rio Branco do Sul. 

Presente na região desde a noite de sexta, após religar boa parte das demais cidades, a Copel fez uma força-tarefa na noite de sábado e na madrugada de domingo para recompor a energia em Itaperuçu, cidade mais atingida. Assim, a cidade amanheceu com cerca de 750 clientes sem luz, todos em locais onde os serviços de manutenção são mais complexos. Agora, no início da tarde, este número baixou para 432 consumidores.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES