Publicidade
Crise

Venezuela: Guaidó pede à UE mais sanções contra regime de Maduro

(Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

O líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, pediu nesta quarta-feira, 22, em discurso no Parlamento Europeu, em Bruxelas, que a União Europeia aumente a pressão sobre o governo do presidente Nicolás Maduro por meio de mais sanções. Segundo ele, a diplomacia até agora não surtiu efeito contra o chavismo. "É sádico o que ele (Maduro) está fazendo. Ele está torturando pessoas, está prendendo pessoas." Guaidó afirmou também que pretende voltar à Venezuela, mesmo sabendo que não é seguro. "Sim, corri risco ao sair. Meu retorno será arriscado", afirmou o líder oposicionista, em entrevista coletiva, após conversas com parlamentares europeus. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES