Publicidade
'Nudes'

Vereador que teve vídeo íntimo vazado renuncia à presidência da Câmara de Rolândia

Serpeloni: Serpeloni: Câmara rejeitou abertura de processo para cassar vereador
Serpeloni: Serpeloni: Câmara rejeitou abertura de processo para cassar vereador (Foto: reprodução/facebook)

O presidente da Câmara Municipal de Rolândia (região Norte), vereador Eugênio Serpeloni (PSD), que teve um vídeo com imagens íntimas vazado na internet, renunciou hoje ao cargo. Em nota, Serpeloni alegou que “a gravação do referido vídeo foi produzida em momento íntimo pessoal, cujo conteúdo” não teve a divulgação autorizada, nem foi compartilhado ele “e nem com qualquer pessoa”.

No texto, o vereador afirma que o episódio “trouxe grandes prejuízos morais” a ele e à imagem de sua família “a quem devo pedido de perdão”. Serpeloni sustenta ainda que o vídeo “por tratar-se de algo de foro íntimo, não possui qualquer relação ou vínculo com a Câmara Municipal de Rolândia” para o qual ele foi eleito “razão pela qual minha conduta íntima e pessoal não deve, nem deveria afetar”.

Leia mais no blog Política em Debate.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES