Preparação

Vestibular: 5 dicas para quem vai prestar as provas de segunda fase

(Foto: Divulgação)

Para muitos, o final do ano é um período para descansar, curtir o verão e fazer planos para o novo ciclo que se inicia. Os estudantes que estão buscando uma vaga na universidade, no entanto, encaram uma realidade totalmente diferente. Eles estão focados na preparação para as segundas fases dos vestibulares.

Nesse contexto, conciliar os estudos, o estresse, cansaço e ansiedade de um ano de preparação para esses exames com as festas de fim de ano não é uma tarefa fácil. Por isso, o diretor do Colégio Anglo Chácara Santo Antônio, Lucas Seco, separou algumas dicas para os candidatos se organizarem e conquistarem um bom desempenho nas provas:

Refaça provas antigas como 'simulado'

As segundas fases se diferem das primeiras, pois são caracterizadas por questões discursivas em vez de objetivas. As competências cobradas em cada etapa, dessa maneira, não são as mesmas. "Para uma prova de segunda fase, o estudante deve mudar sua estratégia de estudo. Não adianta focar em teoria somente. O ideal é acessar provas antigas na internet e, quando for desenvolver as questões, cronometrar o tempo de prova”, orienta Seco.

Dê atenção especial para a escrita

Seja realizando cálculos ou discorrendo sobre assuntos das matérias das Ciências Humanas, parte dos estudantes se veem perdidos, sem saber ao certo como expor o conhecimento que têm. O diretor recomenda que eles direcionem a atenção à maneira como constroem suas respostas, realizando muitos exercícios e, depois, comparando com o gabarito. No caso de dissonâncias, é importante identificar onde estão os erros e refazer a questão, procurando contemplar tudo que o enunciado pede.

Não se compare com colegas

Comparar-se pode ser um gatilho para ansiedade e desânimo. "Apesar de ser uma atitude compreensível, uma vez que o estudante, apreensivo, busca saber se o que está fazendo é suficiente, não se pode esquecer que o processo de cada pessoa é distinto. O essencial é trabalhar no próprio desenvolvimento e pensar de que maneira esse pode ser melhorado." explica Seco.

Faça pausas e relaxe a mente

Não há dúvidas que o estudante necessita se dedicar inteiramente aos estudos durante as segundas fases. No entanto, para o diretor, sem pequenas pausas para relaxar a mente em meio à intensa rotina de estudos, parte do progresso pode ser mal aproveitado por conta da tensão excessiva. O educador indica que os vestibulandos também encontrem momentos de lazer para descansar.

Às vésperas da prova, cuide do corpo e da mente

Nos dias que antecedem a prova de segunda fase, tentar aprender ou revisar mais conteúdos não é prioridade. O estudante deve recordar que se preparou por bastante tempo e confiar em si. Prezar pela saúde física e mental é fundamental, ou seja, não pode faltar uma boa noite de sono, alimentação balanceada e hidratação constante.