Publicidade
Campina Grande do Sul

Vice-diretor vai parar em hospital ao tentar separar briga de aluno na Grande Curitiba

Em Campina Grande do Sul, municipio da Região Metropolitana de Curitiba, o vice-diretor do Colégio Estadual Ivan Ferreira do Amaral Filho, foi parar no hospital ao tentar separar uma briga na porta da escola. O caso ocorreu nesta segunda-feira, 25, quando Márcio Bobro, 45 anos, foi defeder o aluno que estava brigando com um homem. Segundo a Polícia Militar (PM), ele fraturou a clavícula e sofreu um corte na cabeça.

Estudantes relataram que a briga aconteceu na saída dos alunos, quando um homem foi tirar satisfação com um estudante do 8º ano. O vice-diretor, ao saber o que estava acontecendo, foi tentar impedir a briga. Na confusão, ele disse que chamaria a polícia. O homem que estava discutindo com o aluno, agrediu o vice-diretor pelas costas. Segundo os estudantes, o homem segurou o vice-diretor e o jogou no chão. O autor das agressões fugiu e não foi localizado.

O diretor-auxiliar, que está internado no Hospital da Cruz Vermelha, deve passar por uma cirurgia no ombro na tarde desta terça-feira, 26.


Alunos, funcionários, professores e pais se reuniram na manhã desta terça-feira para fazer uma manifestação em apoio ao diretor agredido. Os alunos se reuniram e colaram cartazes em apoio ao professor na fachada da escola. Em nota, o Colégio Estadual Ivan Ferreira do Amaral Filho informou que a situação aconteceu "por fatores externos à escola" e que o diretor auxiliar tentou mediar a briga "sempre pensando no bem dos alunos".

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias